Como contratar desenvolvedor Sênior?

Você é tech recruiter e recebeu a missão de contratar desenvolvedor Sênior para acelerar os resultados da sua startup em momento de expansão? Então, é preciso contar com um arsenal de boas estratégias para disputar os(as) profissionais disponíveis no mercado.  

O balde de água fria dessa história é que a maioria dos(as) desenvolvedores(as) seniores já está trabalhando. Resta ao(à) recruiter fazer um trabalho de headhunting ativo. 

Mesmo assim, outras habilidades entram em cena. Após encontrar as pessoas candidatas para apresentar à empresa, é preciso ainda identificar se elas são realmente seniores. 

Existe muita confusão em torno desse termo. O que é um(a) profissional Sênior para uma empresa, não é para outra. Outro detalhe é que o tempo de trabalho não é o critério mais exato para definir se uma pessoa desenvolvedora é do nível Sênior ou Pleno. 

Veja mais reflexões a respeito desse tema neste conteúdo. 

Quem são os desenvolvedores seniores de hoje? 

Vamos começar pelo aspecto mais delicado desse tema. Existem, pelo menos, três perfis de senioridade no mercado, não apenas na área de programação. 

Há os(as) profissionais Júnior, Pleno e Sênior. Falamos em, pelo menos, três, porque há profissionais de RH que também consideram os profissionais Master. Eles(as) são aqueles(as) que estão em um patamar acima do Sênior. 

Profissionais do nível Sênior são, portanto, os mais experientes. Eles(as) teriam, em média, de 10 a 15 anos de experiência como pessoas desenvolvedoras. 

Entretanto, além do tempo, o que identifica um(a) profissional desse nível é o seu rol de hard-skills e soft-skills. As certificações, o domínio de mais de uma linguagem, a capacidade de ensinar os(as) colegas da equipe e outras características formam um(a) profissional Sênior. 

Contudo, o que mais chama a atenção neste(a) profissional na hora de contratar desenvolvedor Sênior é a sua capacidade de tomar decisões ou, pelo menos, dar subsídios aos gestores no momento de escolher entre uma tecnologia e outra, ou ainda, de dar o próximo passo em um projeto importante. 

Qual é a idade média da pessoa desenvolvedora Sênior? 

Para quem não é da área, pode até confundir o termo senioridade com idade avançada. Mas isso não tem nada a ver. Portanto, profissionais de tecnologia na faixa dos 30 anos podem ser considerados(as) seniores dependendo do seu posicionamento no mercado. 

Para complementar, a pesquisa mais completa sobre o perfil dos(as) profissionais de tecnologia do mundo – a Stack Overflow 2021 – apontou que o maior percentual de DEVs está na casa dos 25 a 34 anos, representando 39,52% dos developers entrevistados. 

Já as pessoas de 35 a 44 anos respondem por 18,42%. A representatividade vai diminuindo após essa faixa etária, com 6,64% (45-54 anos), 2,21% (55-64 anos), 0.51% (65 anos ou mais). 

SAIBA MAIS: Como contratar DEV Júnior 

Então, isso quer dizer que mais da metade dos developers do mundo são do nível Sênior? Como vimos acima, não, já que não é só a idade que pesa nessa balança, embora ela seja um indicativo para entender o mercado de desenvolvimento. 

Como identificar um developer Sênior? 

Já que não é só a idade e o tempo de serviço que contam, então como reconhecer um bom perfil de desenvolvedor ou desenvolvedora Sênior entre as pessoas candidatas que estão participando do processo seletivo? 

Separamos aqui alguns indicativos para você ter mais sucesso na hora de contratar desenvolvedor Sênior: 

  • Pergunte sobre seu engajamento nas comunidades;
  • Verifique o seu envolvimento à frente de projetos;
  • Identifique sua capacidade de autogestão; 
  • Questione sobre a complexidade dos projetos que a pessoa já se envolveu; 
  • Identifique se ele(a) é ativo(a) nas atualizações das tecnologias; 
  • Questione se o DEV fornece feedbacks aos colegas; 
  • Verifique se ele(a) tem proficiência em mais de uma tecnologia. 

Sobretudo, alie o nível das respostas dadas na entrevista individual com o currículo, o teste comportamental e o desafio técnico. Assim, a pessoa candidata do nível Sênior estará validada (ou não) para a vaga. 

Como atrair pessoas desenvolvedoras seniores? 

Agora que já falamos um pouquinho sobre o perfil do(a) desenvolvedor(a) Sênior no mercado, que tal refletir sobre como atrair esses DEVs? 

Como comentamos no início deste post, geralmente a pessoa desenvolvedora Sênior não está procurando emprego. 

LEIA TAMBÉM: Como contratar DEV Pleno

Mas quando ela é convidada a um processo seletivo ou realmente toma a decisão de mudar de empresa, algumas variáveis são consideradas. Entre elas estão: 

  • Salário (segundo o Glassdoor, o salário médio de um DEV Sênior é de R$ 11 mil no Brasil); 
  • Oportunidade de crescimento na empresa; 
  • Employer branding da empresa;
  • Atrativos, como os benefícios oferecidos; 
  • Uso de tecnologias que o(a) atraem; 
  • Processos seletivos objetivos e com feedback em cada etapa. 

Tendo essas dicas como norte, certamente, você otimizará a busca por developers seniores e chegará à contratação. 

Afinal, quando saber que a startup precisa de um DEV Sênior? 

Essa dica é para os gestores que encaminham as demandas para os tech recruiters: como saber que a sua equipe está precisando de um(a) profissional do nível Sênior? 

A rotina de um time de desenvolvimento é muito corrida. Por isso, se o CTO (Chief Technical Officer) ou Diretor Técnico está gastando muita energia com o time, se há retrabalho por conta dos códigos, se não há o desempenho esperado em termos técnicos, é importante contratar um desenvolvedor Sênior. 

Afinal, ele(a) pode dar mais agilidade aos sprints, reduzir o tempo gasto com os ajustes e auxiliar os gestores nas tomadas de decisão. 

Como trabalhar a diversidade com DEVs seniores? 

O gap entre a necessidade do mercado e o número de profissionais ainda existe, mesmo assim, é importante considerar a diversidade na hora de contratar desenvolvedor Sênior

Sendo assim, o desafio se torna maior, mas é importante contar com a ajuda das comunidades, das plataformas especializadas em recrutamento tech e das medidas de inclusão tomadas pela própria empresa.

Dessa forma, é possível chegar a um patamar de ter equipes mais diversas e que contribuam com diferentes visões sobre o produto. 

Por certo, trabalhar ações afirmativas com DEVs Júnior ou Pleno é menos desafiador, mas com incentivos, isso é possível. 

Conclusão 

Como você viu, contratar desenvolvedor Sênior pode ser um desafio insuperável se você não fizer o devido planejamento nem usar as estratégias certas. 

Uma dessas estratégias é contar com o auxílio da Coodesh. Somos uma startup de recrutamento de pessoas desenvolvedoras. Temos uma ampla base de candidatos(as) e fazemos headhunting ativo. Entregamos pessoas candidatas validadas com teste comportamental e técnico, além de relatórios de desempenho das entrevistas.

Comece a contratar agora.

O que é Code Smell?

Conceitos de POO: abstração e encapsulamento