Como contratar e recrutar Desenvolvedor Sênior

Guia Para Contratar e Recrutar Desenvolvedor Sênior
Guia Para Contratar e Recrutar Desenvolvedor Sênior

Está difícil avaliar e contratar desenvolvedor sênior? Preparamos um guia completo para te ajudar em como contratar e recrutar desenvolvedor sênior. Se você é um Tech Recruiter, CTO, Empreendedor, Gerente de Fábrica de Software ou Líder de Produtos Digitais em empresas ou startups, certamente já recebeu a missão de contratar desenvolvedores e programadores sênior para acelerar os resultados da sua empresa. Então, é preciso contar com um arsenal de boas estratégias para disputar os(as) desenvolvedores(as) seniores no mercado. 

O balde de água fria dessa história é que a maioria dos profissionais desenvolvedores seniores já está trabalhando em alguma empresa no Brasil ou no exterior. Resta muitas vezes a quem está recrutando fazer um trabalho de headhunting ou utilizar metodologias de recrutamento ativo. 

LEIA MAIS: Soft e hard skills de um desenvolvedor Front-end: conheça as mais valorizadas

Mesmo assim, outras habilidades entram em cena. Após encontrar as pessoas desenvolvedoras candidatas, é preciso ainda identificar e avaliar se elas são realmente seniores. 

Existe muita confusão em torno desse termo. O que é um profissional Sênior para uma empresa, não é para outra. Outro detalhe é que o tempo de trabalho não é o critério mais exato para definir se um desenvolvedor ou programador é do nível Sênior

Veja mais reflexões a respeito desse tema neste conteúdo.

Quem é o Desenvolvedor Sênior de hoje? 

Vamos começar pelo aspecto mais delicado desse tema. Existem, pelo menos, três perfis de senioridade no mercado, não apenas na área de programação. 

Há os profissionais Júnior, Pleno e Sênior. Falamos em, pelo menos, três, porque há contratantes que também consideram os profissionais Especialista, Principal e Master. Eles são aqueles que estão em um patamar acima do Sênior. 

Profissionais do nível Sênior são, portanto, os mais experientes. Eles teriam, em média, mais de 7 anos de experiência com desenvolvimento do software.

LEIA TAMBÉM: Saiba as hard e soft skills mais desejadas em um desenvolvedor Back-end

Contudo, o tempo não é o fator mais importante, pois mesmo hoje profissionais com 5 a 8 anos podem estar no patamar de carreira sênior. Isso devido à quantidade de experiências, fluência em idiomas, atuação no mercado dos EUA ou Europa, desafios em paradigmas modernos de tecnologia e evolução das tecnologias no mercado de programação.

Nos fluxos de validação da plataforma Coodesh por exemplo, aparecem profissionais sênior que estão com até 5 anos de mercado e são categorizados como um perfil Avançado. 

Entretanto, além do tempo, o que identifica um(a) profissional desse nível é o seu rol de hard-skills e soft-skills. As certificações, o domínio de mais de uma linguagem, a capacidade de ensinar / mentorear os(as) colegas da equipe e outras características formam um(a) profissional Sênior. 

Contudo, o que mais chama a atenção neste(a) profissional na hora de contratar desenvolvedor Sênior é a sua capacidade de tomar decisões ou, pelo menos, dar subsídios aos gestores no momento de escolher entre uma tecnologia e outra, ou ainda, de dar o próximo passo em um projeto importante.

Qual é a idade média do Desenvolvedor Sênior? 

Para quem não é da área, pode até confundir o termo senioridade com idade avançada. Mas isso não tem nada a ver. Portanto, profissionais de tecnologia na faixa dos 30 anos podem ser considerados(as) seniores dependendo do seu posicionamento no mercado. 

Para complementar, a pesquisa mais completa sobre o perfil dos(as) profissionais de tecnologia do mundo – a Stack Overflow 2021 – apontou que o maior percentual de DEVs está na casa dos 25 a 34 anos, representando 39,52% dos developers entrevistados

Já as pessoas de 35 a 44 anos respondem por 18,42%. A representatividade vai diminuindo após essa faixa etária, com 6,64% (45-54 anos), 2,21% (55-64 anos), 0.51% (65 anos ou mais). 

SAIBA MAIS: Como contratar DEV Júnior 

Então, isso quer dizer que mais da metade dos developers do mundo são do nível Sênior? Como vimos acima, não, já que não é só a idade que pesa nessa balança, embora ela seja um indicativo para entender o mercado de desenvolvimento. 

Como identificar um Desenvolvedor Sênior? 

Já que não é só a idade e o tempo de serviço que contam, então como reconhecer um bom perfil de desenvolvedor ou desenvolvedora sênior entre as pessoas candidatas que estão participando do processo seletivo? 

Separamos aqui alguns indicativos para você ter mais sucesso na hora de contratar desenvolvedor Sênior: 

  • Pergunte sobre seu engajamento nas comunidades;
  • Verifique o seu envolvimento à frente de projetos próprios ou open source;
  • Identifique sua capacidade de autogestão e gestão de tempo; 
  • Questione sobre a complexidade dos projetos que a pessoa já se envolveu; 
  • Identifique se ele(a) é ativo(a) nas atualizações das tecnologias; 
  • Questione se o developer fornece feedbacks aos colegas; 
  • Verifique se ele(a) tem proficiência em inglês ou já atuou em empresas com equipe internacional;
  • Verifique se a pessoa presta mentoria a profissionais iniciantes de alguma forma (comunidades, cursos, canais, equipe onde trabalha);
  • A base mais demandada hoje nas empresas deve estar MUITO AFIADA (Git, POO, Docker, CI/CD, Back-end ou Front-end);
  • Verifique se ele(a) tem proficiência em mais de uma tecnologia como Blockchain, Go lang, Elixir ou Clojure

Sobretudo, avalie o nível das respostas dadas na entrevista individual, no teste de fit comportamental e cultural, bem como aplique um desafio técnico coerente ao timing do processo. Assim, a pessoa candidata do nível Sênior estará validada (ou não) para a régua da vaga. 

VEJA TAMBÉM: Compare o Jeito Tradicional e o Jeito Coodesh de ser contratado como desenvolvedor.

Como atrair desenvolvedores seniores? 

Agora que já falamos um pouquinho sobre o perfil do(a) desenvolvedor(a) Sênior no mercado, que tal refletir sobre como atrair esses DEVs? 

Como comentamos no início deste post, geralmente a pessoa desenvolvedora Sênior não está procurando emprego. 

LEIA TAMBÉM: Como contratar DEV Pleno

Mas quando ela é convidada a um processo seletivo ou realmente toma a decisão de mudar de empresa, algumas variáveis são consideradas. Entre elas estão: 

  • Salário (segundo o Glassdoor, o salário médio de um Desenvolvedor Sênior é de R$ 11 mil no Brasil). Existem empresas no Brasil com salário superior a R$ 15 mil (CLT + benefícios). Empresas nos EUA geralmente contratam bons desenvolvedores seniores no Brasil com salários entre US$ 7 mil (sete mil dólares) a US$ 9 mil (nove mil dólares); 
  • Oportunidade de crescimento na empresa; 
  • Employer branding da empresa;
  • Atrativos, como os benefícios oferecidos; 
  • Uso de tecnologias que o(a) atraem; 
  • Processos seletivos objetivos e com feedback em cada etapa. 

Tendo essas dicas como norte, certamente, você otimizará a busca por developers seniores e chegará à contratação. 

Quanto ganha um desenvolvedor sênior? 

Uma sondagem das vagas para DEVs Sênior mostra que o salário pago é, em média, de: 

  • Front-end Developer Sênior: R$ 9.000 a R$ 14.500 (CLT) + Benefícios.
  • Back-end Developer Sênior: R$ 9.550 a R$ 15.000 (CLT) + Benefícios. 
    Full-stack Developer Sênior: R$ 12.000 a R$ 17.500 (CLT) + Benefícios. 
  • Mobile Developer Sênior: R$ 16.000 a R$ 18.560 (CLT) + Benefícios. 

No caso do developer sênior contratado como PJ, essa média deve ser multiplicada por 1.6 ou 1.8 para se chegar ao valor médio do mercado. A diferença se explica no fato de os contratados via contrato PJ têm menos benefícios trabalhistas que os colegas do regime CLT. 

Desenvolvedor sênior que possui fluência em inglês (leitura, escrita e fala) e atuam em empresas dos EUA, tem uma média salarial entre US$60.000 a US$108.000 por ano (entre US$5.000 a US$9.000 por mês).

Afinal, quando saber que a empresa / startup precisa de um Desenvolvedor Sênior? 

Essa dica é para os gestores que encaminham as demandas para os tech recruiters: como saber que a sua equipe está precisando de um(a) profissional do nível Sênior? 

A rotina de um time de desenvolvimento é muito corrida. Por isso, se o CTO (Chief Technical Officer) ou Diretor Técnico está gastando muita energia com o time, se há retrabalho por conta dos códigos, ou se não há o desempenho esperado em termos técnicos, é importante contratar um desenvolvedor Sênior. 

SAIBA MAIS: Desenvolvedor Full-Stack: quais as hard e soft skills a serem desenvolvidas?

Afinal, ele(a) pode dar mais agilidade às sprints, reduzir o tempo gasto com os ajustes e auxiliar os gestores nas tomadas de decisão. 

Na Coodesh temos soluções que ajudam principalmente o CTO e o Tech Recruiter a identificar a necessidade de contratação de times seniores. Além disso, as ferramentas de validação na Coodesh tornam o recrutamento muito mais acelerado e assertivo. Quer saber mais sobre essa ferramenta? Clique no link a seguir: Falar com um Consultor.

Como trabalhar a diversidade com desenvolvedores seniores? 

O gap entre a necessidade do mercado e o número de profissionais ainda existe, mesmo assim, é importante considerar a diversidade na hora de contratar desenvolvedor Sênior

Sendo assim, o desafio se torna maior, mas é importante contar com a ajuda das comunidades, das plataformas especializadas em recrutamento tech e das medidas de inclusão tomadas pela própria empresa.

Dessa forma, é possível chegar a um patamar de equipes mais diversas e que contribuam com diferentes visões sobre o produto. 

Por certo, trabalhar ações afirmativas com Desenvolvedores Júnior ou DEV Pleno é menos desafiador, mas com incentivos, isso é possível. 

SAIBA MAIS: Cultura de diversidade: como implantar na sua organização

Conclusão 

Como você viu, contratar desenvolvedor Sênior pode ser um desafio insuperável se você não fizer o devido planejamento nem usar as estratégias certas. 

Contudo, o que mais chama a atenção neste(a) profissional na hora de contratar desenvolvedor Sênior é a sua capacidade de tomar decisões ou, pelo menos, dar subsídios aos gestores no momento de escolher entre uma tecnologia e outra, ou ainda, de dar o próximo passo em um projeto importante.

O que achou desse conteúdo? Pretende fazer isso em sua empresa? Me manda uma mensagem com o seu contato NESTE LINK, falando das suas expectativas e projetos de contratações de desenvolvedores em nível Sênior. Vamos fazer esse bate papo acontecer 🚀.

Somos uma plataforma especializada em avaliação, recrutamento e seleção de desenvolvedores remotos full-time. Temos um time de especialistas em talentos que ajudam no suporte e hunting de candidatos na plataforma.

Cadastre-se agora mesmo e comece a avaliar e recrutar desenvolvedores remotos gratuitamente para a sua empresa.

Escrito por Gabriel Ferreira

Co-fundador/COO na Coodesh, Bacharel em Sistemas de Informação, empreendedor, especialista em produto e desenvolvedor de software. Ajudo recrutadores e CTOs a automatizar o processo de avaliação técnica através da plataforma Coodesh com desafios alinhados as reais demandas do mercado tech.

O que é Code Smell?

Conceitos de POO: abstração e encapsulamento