Go (GoLang): conheça a linguagem criada pelo Google

A Go (GoLang) é uma linguagem de programação que vem se tornando popular. Ela foi desenvolvida pelo Google em 2007, mas foi lançada em código aberto apenas em 2009. Acredita-se que ela possa substituir o Java no futuro. Afinal, a linguagem é conhecida por ser mais simples e prática. 

Mas será que ela é a ideal para você? Veja neste artigo as principais características da linguagem, suas vantagens, os principais IDEs e também como está o mercado para quem resolve investir neste perfil. 

Afinal de contas, nunca é demais lembrar que a área de desenvolvimento está em alta. Portanto, se você está terminando a faculdade ou se está há muito tempo no mercado e quer mudar de ares, é interessante conhecer a Go (GoLang), avaliar seus prós e contras e mergulhar nos estudos. 

O que é Go (GoLang) 

A GoLang, mais conhecida como Go, é uma linguagem de programação de código aberto. Ela é compilada e estaticamente tipada. Mas o que isso significa? 

A linguagem compilada é quando o código-fonte é executado diretamente pelo sistema operacional ou pelo processador. Isso ocorre após ele ser traduzido por um processo de compilação que utiliza um programa chamado de compilador. 

Já a linguagem estaticamente tipada é aquela que define no código os tipos das variáveis de um programa. Assim, eles são conhecidos durante a compilação. Além da Go, também usam a tipagem estática linguagens como Java, C#, Kotlin e outras. 

Além disso, essa linguagem permite a programação simultânea, bem como o gerenciamento de memória e a execução adiada de algumas funções. Basicamente, ela é semelhante à linguagem C, porém bastante robusta e bem aceita entre os developers. 

Em suma, a Go é uma linguagem de fácil entendimento, de alto desempenho e excelente nível prático. Portanto, programadores(as) que já estão acostumados com o estilo C ou Java podem se adaptar mais facilmente à ela. Não é à toa, aliás, que comenta-se que essa linguagem veio para substituir o Java, embora ainda haja espaço e preferências para todas. 

Como a linguagem Go foi criada? 

Em meados de 2007, a equipe de desenvolvimento dos produtos Google encontrava dificuldades com a linguagem C++. Havia, portanto, recursos que demoravam um dia inteiro para serem solucionados. 

Portanto, a partir das pesquisas dos desenvolvedores Robert Griesemer, Rob Pike e Ken Thompson, a Go (GoLang) foi criada. Em apenas dois anos, ela se tornou open-source. De lá pra cá passou por muitas atualizações. 

Assim, o que se levava o dia inteiro para fazer, com a Go pode ser feito em um curto período de tempo. Isso aumentou a produtividade dos times de desenvolvimento, atraindo a atenção de cada vez mais DEVs

Cases

A Go (GoLang) tem feito sucesso nas equipes de desenvolvimento de empresas e startups. Veja a seguir algumas das marcas e plataformas que utilizam essa linguagem. 

  • Netflix; 
  • Dropbox;
  • Uber;
  • Imgur;
  • SpaceX.

Quais são os principais IDEs de GoLang?

Os IDEs (Integrated Development Environment ou Ambiente de Desenvolvimento Integrado) são softwares usados no desenvolvimento de outros softwares. Portanto, há alguns mais específicos conforme a linguagem adotada. 

Nesse sentido, confira alguns IDEs que são mais indicados para serem usados com Go (GoLang) e estude cada um deles a fim de escolher o mais indicado para você. 

  • Atom com Go-Plus
  • GoLand 
  • GoSublime 
  • LiteIDE
  • Vim-go
  • VSCode
  • Zeus 

De modo geral, todos contribuem para o desenvolvimento de projetos de forma mais ágil. 

Vantagens 

Portanto, conheça algumas vantagens mais citadas pelas pessoas desenvolvedoras que utilizam Go (GoLang) nas suas aplicações. 

  • fácil de entender;
  • segura; 
  • simplicidade;
  • alta performance; 
  • fácil execução. 

Desvantagens 

Como a Go (GoLang) não possui suporte a Generics, isso acaba sendo uma barreira para quem vem de linguagens como o C e o Java. Além disso, embora ela tenha funções de primeira classe, ao escrever funções bastante comuns, como o reduce e o map, não será possível reutilizar as mesmas funções para outros tipos de funções. 

Como está o mercado para Go Developers? 

Como você viu até aqui, a Go (GoLang) é uma linguagem relativamente nova, porém bastante difundida entre as pessoas desenvolvedoras. 

Já que ela aumenta a produtividade, com alta performance, muitas empresas acabam cobrando essa skill em suas vagas abertas à comunidade Go. 

Em se tratando de salários, pode-se dizer que eles são bastante atrativos. Para se ter uma ideia, segundo o site Glassdoor, o salário de um(a) desenvolvedor(a) GoLang varia entre R$ 7.642,00 a R$ 11.000.00. Mas, certamente, isso vai depender da empresa, do tipo de contrato, enfim, das particularidades do setor.  

Conclusão

Como você leu neste artigo, a linguagem GoLang foi criada por desenvolvedores do Google que estavam descontentes com a linguagem C e precisavam de algo mais robusto para eliminar a lentidão. 

Desde 2009, ela é de código aberto e vem conquistando adeptos entre as empresas e as pessoas desenvolvedoras. Portanto, para entrar nessa área é importante estudar mais a fundo sobre a linguagem e começar a desenvolver seu currículo com experiência nesta linguagem. 

Aproveite que você já terminou a leitura e pesquise algumas vagas para DEVs (remotas e parcialmente remotas) que estão sendo anunciadas na nossa plataforma. 

Se você ainda não conhece, somos a Coodesh, uma startup remota especializada na contratação de DEVs. Você pode se cadastrar na vaga da sua preferência e participar dos testes oferecidos. Saiba mais acessando aqui.

Quais linguagens de programação aprender ainda em 2021?

Como contratar DEVs juniores para a sua empresa ou startup