O que é Scala?

o que é scala

Afinal, o que é Scala? Essa linguagem de programação, mesmo tendo sido criada em 2001, ainda continua atual. Ela é utilizada nas empresas que precisam operar grandes quantidades de dados. 

Pela sua importância, apesar de não ser tão popular no Brasil e no mundo, a linguagem acaba sendo requisitada em muitas vagas de emprego. 

Sendo assim, o Dicionário Tech da Coodesh está trazendo hoje este tema, que é válido para desenvolvedores e tech recruiters que desejam ter melhores resultados, tanto na busca de um emprego quanto na de talentos tech. 

O que é Scala e como foi sua origem? 

A linguagem Scala foi criada pelo cientista da computação Martin Odersky como sendo a Scalable Language ou, simplesmente, Scala. Outros desenvolvedores liderados por Odersky na École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), na Lausana, na Suíça, também contribuíram com o projeto.

O idioma é muito parecido com Java, inclusive ele pode ser executado na JVM (Java Virtual Machine), que é um programa que carrega e executa os aplicativos Java. 

Mas, na verdade, ela deu continuidade à linguagem Funnel, que também traz elementos da programação funcional. 

A respeito do ano de criação, é interessante observar que a linguagem foi criada em 2001, mas foi lançada em 2003 e teve a sua segunda versão remodelada e apresentada em 2006, como Scala v 2.0. 

Características 

Para entender o que é Scala, trouxemos alguns aspectos mais importantes ligados a este idioma. Anote aí: 

  • Multiparadigma;  
  • Multiplataforma;
  • Tipagem estática e implícita; 
  • Fácil adição de novas bibliotecas ao código;
  • Execução na JVM do Java;
  • Variedade de bibliotecas nativas para manusear dados em escala.

Vantagens

Além das suas características principais, o desenvolvedor e o tech recruiter precisam entender algumas das suas vantagens. Afinal, por que ela é tão utilizada no back-end e no Big Data? 

  • Sintaxe exata;
  • Menos código;
  • Escalabilidade; 
  • Curva de aprendizado rápido, principalmente para quem já sabe codar em Java. 

Aliás, a escalabilidade é obtida porque ela foca no desenvolvimento do server-side stateless. Assim, nenhuma referência ou informação sobre transações antigas são armazenadas. Isso facilita a escalabilidade das aplicações desenvolvidas.

Diferenças entre Scala e Java 

Por ser executada em JVM, normalmente são divulgadas as semelhanças entre Scala e Java. Mas trouxemos aqui algumas diferenças entre as duas linguagens: 

  • Java é uma linguagem mais verbosa, enquanto Scala tem um código mais enxuto; 
  • Em Scala não é preciso usar “ponto e vírgula” (;) para finalizar uma instrução; 
  • Scala utiliza técnicas mais funcionais, entre elas, a imutabilidade por padrão, transparência referencial e ainda sintaxe apropriada ao funcional; 
  • O paradigma mais importante de Java é o imperativo, enquanto Scala usa mais o funcional. 

Assim, ela não é tão popular quanto Java, ao longo dos últimos anos, porém tem as suas atribuições que as fazem ser a preferida por muitos desenvolvedores. 

Segundo a pesquisa Stack Overflow, 2,6% dos desenvolvedores entrevistados preferem usar apenas Scala nos seus projetos. Já no Índice Tiobe, a linguagem ocupa a 34ª posição (de 1 a 50) com 0,28% da preferência. 

Quem utiliza Scala?

Scala é classificada como uma linguagem de alto nível. Ela é utilizada por desenvolvedores Back-end e no Big Data. 

Para começar a utilizar o idioma, faça o download aqui. Mas lembre-se que é preciso ter instalado o JDK (Java Development Kit) ou utilizar uma IDE Scala. 

Como já dissemos, ela é usada para processar grandes volumes de dados. Entre as startups que utilizam essa tecnologia, estão: 

  • Twitter;
  • Nubank;
  • Coursera;
  • Asana;
  • SoundCloud. 

Frameworks mais usados 

Depois de entender o que é Scala, ler a documentação da linguagem e conhecer suas principais características e vantagens, é hora de identificar quais são os frameworks mais utilizados: 

Akka: o framework Akka é um kit de ferramentas gratuito e de código aberto, que simplifica a construção de aplicativos concorrentes e distribuídos na JVM.

Play framework!: ele surgiu como um framework Java, que fornece suporte à linguagem Scala. Atualmente, o Play Framework! 2.0 é um framework Scala, com suporte à Java.

Conclusão

Você acabou de ver o que é Scala e como essa linguagem é usada para dar escalabilidade a startups que usam muitos dados. 

O termo faz parte do Dicionário Tech e pode ser utilizado no desenvolvimento de aplicações back-end e de Big Data. Aproveite para saber mais sobre outros termos aqui. E não deixe de conhecer as ferramentas da nossa plataforma para desenvolvedores e recruiters.

importância do RH Tech

Conheça a importância do RH Tech e as vantagens para a sua empresa

testes técnicos na coodesh

Saiba como realizar testes técnicos na Coodesh