in

Papel do Business Partner: estreitando laços entre RH e negócios

O papel do Business Partner é aproximar as lideranças de negócios e as equipes do RH da empresa. Assim, o objetivo do(a) profissional é alinhar os interesses e expectativas dos dois lados a fim de promover o crescimento da empresa. 

De modo geral, o Business Partner é requisitado em empresas médias e grandes que têm um considerável volume de funcionários(as). No entanto, nada impede que a pequena startup ou empresa também tenha especialistas nessa área. 

Afinal de contas, o propósito é contar com um(a) consultor(a) interno(a) que tenha condições, com base em seu conhecimento de Administração e Recursos Humanos, de equilibrar as necessidades e anseios de ambos os lados: RH e negócios. 

Por conta disso, veja nesse artigo como ser um(a) profissional da área e se destacar na carreira. 

O que é um Business Partner 

Também conhecido como parceiro(a) de negócios (em sua tradução livre) ou BP, este(a) profissional atua ligado à área de RH, podendo ser uma pessoa contratada pela empresa ou simplesmente uma pessoa consultora nessa área. 

De maneira geral, o BP é um(a) profissional estratégico(a) responsável pelo alinhamento dos times de negócios e equipes. Essa aproximação visa encontrar soluções na área de recrutamento, seleção, desenvolvimento e retenção de talentos nas organizações. 

O perfil e a atuação do Business Partner, no entanto, varia conforme a empresa em termos de responsabilidades, tarefas executadas e senioridade. 

Importância do Business Partner 

A iniciativa de criar essa função veio com o livro “Human Resource Champions”, de Dave Ulrich, publicado nos anos 80. Dave, especialista em gestão de pessoas, já pensava na necessidade de haver um perfil profissional que atendesse tanto RH quanto a área de Negócios. 

Seja no trabalho presencial ou remoto, os líderes do RH quase não têm contato com os líderes de negócios. Nesse sentido, a própria distância física entre os setores, no caso do trabalho presencial, atrapalha nesse alinhamento. Sem contar nas agendas diferentes, quando o trabalho é home office. 

Portanto, para resolver esse gap e colocar os times na mesma órbita, os Business Partners têm o papel de apresentar as necessidades, verificar as melhores estratégias e dar conhecimento das dores de um setor para o outro. 

Nesse sentido, o BP precisa ter em mente que tem dois clientes: os gestores e as equipes. Portanto, ele precisa conhecer o fluxo de trabalho e as necessidades dos dois. 

Na contratação de um líder de RH, por exemplo, os executivos exigirão o atendimento de hard skills para a vaga, enquanto que o Business Partner vai priorizar as soft skills das pessoas candidatas. Afinal, ele sabe que a função necessita de pessoas influentes e com uma capacidade de liderança aflorada para coordenar as equipes. 

Responsabilidades de um BP na empresa

papel do business partner
O BP exerce várias tarefas, mas precisa manter seu foco, que é o de alinhar as equipes

Como já foi dito, as responsabilidades de um BP podem variar de empresa para empresa. No entanto, algumas tarefas são mais usuais. Confira quais são elas: 

  • apoiar as ações dos subsistemas de RH;
  • realizar treinamento e desenvolvimento; 
  • propor melhorias na construção dos perfis profissionais; 
  • apoiar na escolha do talento ideal; 
  • sugerir melhorias para a prevenção de indicadores, como turnover, absenteísmo, banco de horas, entre outros; 
  • participar das discussões do plano de cargos e carreiras. 

Habilidades desejadas em um Business Partner

Como você pôde perceber, o papel do Business Partner é analítico e estratégico. Sendo assim, algumas habilidades técnicas e comportamentais são bastante esperadas de profissionais dessa área. 

Nesse sentido, se você é da área de RH ou Administração e sente que tem aptidão para essa área, verifique agora algumas das características mais importantes pedidas pelas empresas. 

  • ensino superior (em Administração ou RH, por exemplo); 
  • experiência em RH; 
  • domínio em Pacote Office;
  • protagonismo;
  • proatividade; 
  • flexibilidade;
  • empatia;
  • conhecimento em DISC ou outros métodos de teste comportamental; 
  • boa comunicação; 
  • visão estratégica. 

Formação acadêmica 

Como você viu até aqui, é muito interessante que o(a) profissional dessa carreira tenha conhecimento em Administração e Recursos Humanos. Mas nada impede que ele(a) venha da área do marketing, psicologia ou comunicação social. Afinal de contas, a área é multidisciplinar. 

No entanto, é muito interessante que o BP tenha um MBA, por exemplo, em gestão de pessoas. Isso porque ele poderá entender melhor os fluxos de trabalho dentro do RH. 

Todavia, na prática, esse(a) profissional geralmente acaba vindo de outra carreira do RH, como um Head de Recrutamento ou Coordenador de RH, e gostando da função de BP, ficando de vez na área. 

Salários médios 

Como o perfil de Business Partner varia de empresa para empresa, é difícil ter uma faixa salarial bem definida. 

Contudo, uma pesquisa feita em conjunto pela Deloitte e Você RH, apontou que o salário médio deste(a) profissional começa com R$ 5.800,00 e pode chegar a R$ 13.600,00. 

Conclusão 

Você viu neste artigo que o papel do Business Partner é muito importante para as empresas que têm o RH como um pilar importante na hora de atrair, contratar, desenvolver e reter talentos. 

Nesse sentido, o BP é responsável por alinhar os interesses dos dois lados (RH e negócios) para chegar a resultados positivos na organização. 

Você atua na área do RH e está em dúvida sobre qual carreira seguir? Nós da Coodesh preparamos uma série de artigos sobre carreiras do RH para você. Aproveite para conferir clicando aqui. E se você quer ter um canal eficiente de contratação de profissionais de tecnologia, conheça a nossa plataforma. Você pode anunciar suas vagas gratuitamente. Mas para contar com nossos serviços completos, acesse o link e preencha o formulário que entraremos em contato.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

Chief Human Resources Officer (CHRO): saiba tudo sobre essa carreira

Atenção DEVs: confira o novo painel de usuários com desafios incríveis