O que é BSC e como utilizar esse modelo de gestão?

BSC

Balanced Scorecard (BSC), afinal o que é isso? Muitos gestores olham apenas para os resultados financeiros para identificarem que a sua empresa está crescendo. Entretanto, é possível ir além. O BSC é um modelo de gestão focado em quatro pilares. Descubra quais são e como adotar o método no seu negócio para ter sucesso. 

Afinal de contas, o desejo de 100% dos empreendedores é crescer. Porém, qual método escolher para chegar aos resultados esperados? Isso porque com um caminho bem traçado é mais fácil, rápido e seguro alcançar os objetivos propostos para um período. 

Entretanto, como existem muitos modelos de gestão, os empreendedores podem ficar em dúvida sobre qual deles definir e implantar. Por isso, conheça agora o método Balanced Scorecard e veja como encaixá-lo no seu negócio. 

O que é Balanced Scorecard? 

Balanced Scorecard é uma palavra em inglês que significa Indicadores Balanceados de Desempenho.

Os professores da Harvard, Robert Kaplan e David Norton, criaram o método na década de 90. O objetivo era mostrar que os resultados de uma empresa não são medidos apenas pelo sucesso financeiro e contábil. 

É preciso ter, portanto, uma visão holística que contemple outras áreas, como a satisfação dos funcionários e dos clientes. 

Como funciona o Balanced Scorecard?

Para entender o conceito desse modelo de gestão que já tem mais de 30 anos, é importante visualizar as suas etapas. Veja, portanto, como funciona o Balanced Scorecard. 

Planejamento Estratégico

O Planejamento Estratégico do BSC define quais ações serão executadas para alcançar os objetivos pretendidos. Uma ação, aliás, deve estar em harmonia com as demais para que haja coesão e precisão nos resultados. 

Objetivos

Onde a empresa quer chegar? É preciso ter um objetivo bem definido, mas que possa ter espaço para mudanças dependendo das demandas do mercado. Portanto, ao traçar os objetivos dentro do modelo BSC entenda que é preciso chegar do ponto A ao ponto B com todos os setores da empresa trabalhando com o mesmo olhar. 

Metas 

As metas são degraus para atingir os objetivos. Sendo assim, elas devem ser mensuráveis e tangíveis, além de realistas. 

Uma das metodologias de metas é o SMART. Você a conhece? Para refrescar a memória, segue o que ela significa. 

S – Specific ou Específica: a meta precisa ser específica, como por exemplo, aumentar as vendas on-line em 20%; 

M – Measurable ou Mensurável: é preciso estabelecer um prazo para cumprir a meta. Por isso, você deve responder à pergunta – “quanto tempo será necessário para atingir a meta?”. No caso do exemplo anterior, a meta é alcançar 20% de vendas a mais em um trimestre. 

A – Attainable ou Atingível: não adianta criar metas inatingíveis, como aumentar as vendas em 100% em um mês em um cenário negativo para o setor. Aliás, isso aumentaria a pressão sobre os colaboradores e ainda desmotivaria a equipe diante do fracasso iminente. Portanto, crie metas atingíveis em relação ao percentual e ao período estabelecidos. 

R – Relevant ou Relevante: é importante que a meta estabelecida seja relevante para o negócio, ou seja, impacte de maneira positiva nas finanças. 

T – Time Based ou Temporal: a sua meta deverá ser atingida em um dia, um mês ou um ano? Analise a complexidade e projete em quanto tempo ela deve ser obtida. Se houver um período anterior para ser analisado e tomado como base, melhor. Mas, do contrário, estabeleça um prazo de execução e monitore o desempenho. 

Indicadores 

Assim como as metas estão casadas com os objetivos, os indicadores estão alinhados às metas. 

Enfim, eles determinam como está o cumprimento das metas, sendo recortados por período e especificidade. 

Portanto, é necessário que a empresa defina os principais indicadores a seguir, como ROI (Return on Investment ou Retorno sobre Investimento), ponto de equilíbrio, ticket médio, entre outros. 

Plano de ação

Para completar o conjunto de ações da implantação do modelo BSC na empresa, é preciso definir um plano de ação. 

Neste plano, é necessário anotar quem serão os responsáveis pelas ações, os prazos, as tarefas, entre outros elementos. 

Para isso, o melhor modelo a ser adotado é o 5W2H. Veja a seguir como ele funciona. 

Essa ferramenta é muito útil para visualizar como será o cumprimento de metas e objetivos, bem como a criação dos indicadores. Assim, todos os setores ou squads estarão na mesma página e atingirão os objetivos propostos. 

Lembrando que: 

  • 5w: o quê (what), por que (why), onde (where), quando (when) e quem (who);
  • 2h: como (how) e quanto custa (how much).

Quais são as 4 perspectivas do Balanced Scorecard? 

Você viu no início deste texto que o sucesso de uma empresa não pode ser baseado apenas nos resultados financeiros. 

Quando os professores Kaplan e Norton criaram o conceito de Balanced Scorecard nos anos 90 imaginaram quatro perspectivas que são usadas para medir o bom desempenho de um negócio. Confira quais são: 

Financeira

Sem dinheiro uma empresa não sobrevive, não é mesmo? Embora a perspectiva financeira não seja, sozinha, a responsável pelo bom resultado de um empreendimento, ela é indispensável. 

Portanto, as finanças devem estar presentes nas etapas de planejamento estratégico, objetivos, metas, indicadores e plano de ação já citados anteriormente. Elas são medidas em curto, médio e longo prazo, devendo ser um dos nortes dos empreendedores. 

Clientes 

O sucesso de uma empresa também depende da satisfação dos seus clientes. Como a empresa se posiciona no mercado? Qual é o seu market share? Qual é o volume de menções nas redes sociais e na internet? Todo esse cenário está relacionado ao nível de satisfação do seu cliente, bem como da atração e retenção de consumidores. 

Processos internos 

Se as finanças e os clientes vão bem é porque os processos internos foram implantados acertadamente. O contrário também é verdadeiro, ou seja, se os resultados estão abaixo das expectativas é porque os processos internos precisam ser ajustados. 

Então, como melhorar a performance olhando para dentro da organização? Muitas vezes, uma metodologia, um olhar atento a falhas na comunicação, entre outros elementos, podem mudar os resultados na ponta dos processos. 

Aprendizado e crescimento 

Essa perspectiva de aprendizado e crescimento dentro do modelo BSC diz respeito ao público interno. 

Assim, está relacionada à satisfação do quadro de colaboradores. Pesquisas internas e indicadores de RH (turnover, por exemplo), são capazes de identificar o quão felizes os funcionários estão em sua empresa e como isso pode se refletir no alcance de metas. 

Além disso, as estratégias de upskilling e reskilling identificam como a sua empresa está investindo nas pessoas. 

Quais os benefícios de implantar o BSC na empresa? 

Você viu até aqui o que é e como funciona o modelo de gestão BSC. Mas ainda não está convencido dos seus benefícios no seu negócio? Então, confira alguns impactos positivos e considere se eles fazem sentido na sua empresa. 

Análise precisa do desempenho: com uma visão 360º, é possível ter uma análise mais precisa do desempenho do empreendimento. Portanto, o risco de falhas e uma análise enviesada é bem menor. 

Foco: por meio desse modelo de gestão, o gestor consegue focar no que realmente importa, ou seja, nos resultados globais. 

Comunicação: com a adoção do BSC, melhora-se a comunicação entre os diferentes setores ou squads da empresa. Afinal, cada pessoa de cada equipe é responsável pelo sucesso do empreendimento. 

Conclusão 

O Balanced Scorecard é um modelo de gestão adotado em empresas que têm o objetivo de crescer de forma estruturada. 

Cada pessoa da equipe exerce um papel importante, pois precisa estar alinhada aos objetivos e metas. Nesse sentido, é essencial contratar pessoas alinhadas ao fit da empresa. 

E como selecioná-las após um processo de recrutamento com essa visão pré-concebida? A Coodesh possui soluções de recrutamento para empresas que precisam contratar desenvolvedores. Conheça-nos melhor acessando a nossa plataforma no modo gratuito. Cadastre-se agora mesmo. Conheça os nossos recursos no plano gratuito e comece a avaliar, recrutar e testar desenvolvedores remotos para a sua empresa.

o que é nest.js

O que é Nest.js?