Como e por que realizar o teste comportamental na Coodesh?

teste comportamental

O teste comportamental é uma etapa presente em praticamente todos os processos seletivos, e não poderia faltar na área tech. Mas, afinal, por que ele é tão importante? Veja neste conteúdo como a checagem é feita na Coodesh e porque você não pode desperdiçar essa oportunidade. 

Primeiramente, é bom frisar que as soft skills são centrais no recrutamento e seleção de desenvolvedores de softwares, assim como em outras profissões. Isso porque não adianta você ter um código perfeito, porém, não entender as necessidades do negócio, não ser flexível às mudanças de tecnologias, não saber gerenciar suas emoções e o seu tempo.

Desse modo, ao fazer seu onboarding na Coodesh para se candidatar a uma vaga de emprego ou para validar seu perfil na nossa base, você irá se deparar com a página do teste comportamental. Não deixe de preencher, pois em menos de 5 minutos você fornece à empresa subsídios para analisar várias características da sua personalidade. 

Como fazer o teste comportamental? 

Ao criar seu perfil de desenvolvedor na Coodesh, você inicia o onboarding na plataforma. É preciso preencher seu perfil, com os seus dados básicos. 

Neste momento, é possível importar seu currículo do LinkedIn, pois assim não é preciso repetir as informações dos seus dados pessoais, acadêmicos e profissionais. 

Além disso, é necessário preencher o Scorecard e, assim, ficar mais perto das empresas desejadas. O Scorecard é uma autoavaliação onde o desenvolvedor informa se está alinhado aos principais stacks da carreira. 

Uma parte importante do onboarding é o teste comportamental. Para preenchê-lo, você deve reservar 5 minutos. A dica é preencher o questionário com tranquilidade e muita sinceridade. Portanto, não tente impressionar o recrutador, mas seja franco e expresse suas soft skills. Aliás, elas podem fazer toda a diferença na escolha do talento certo para a vaga.

LEIA TAMBÉM 

Hard skills e soft skills: veja quais são as diferenças

A boa notícia é que você nem precisa sair da plataforma, pois o teste é preenchido dentro do seu painel de usuário. Aliás, você pode responder ao teste comportamental estando no computador, notebook, tablet ou celular, já que a interface é responsiva. 

Na primeira tela, marque os adjetivos que melhor te representam e, na segunda tela, os adjetivos que os outros pensam que você deveria ter. Lembre-se de preencher sozinho, sem pedir a opinião de ninguém, pois assim o resultado será mais fiel.  

Visualização do tech recruiter 

Após o preenchimento do teste comportamental, você verá que o seu perfil irá avançar e ficar mais próximo da casa dos 100% se você também preencher o scorecard e o Fast Challenge. Isso é um detalhe importante, pois significa que os nossos algoritmos trabalharão a seu favor.

Além disso, o não preenchimento do teste comportamental coloca a sua candidatura no modo “PENDENTE”. Assim, você pode perder a chance de avançar nas próximas etapas do processo seletivo.

O que o teste comportamental apura? 

O teste comportamental da Coodesh apura as características pessoais dos profissionais candidatos e as classifica em quatro tipos distintos: 

  1. Analista; 
  2. Comunicador; 
  3. Executor; 
  4. Planejador. 

É bom lembrar que não há um perfil melhor que o outro, mas sim aquele que atende às necessidades da vaga e da empresa naquele momento. 

Pode ocorrer também de haver mais de um perfil predominante. Aliás, isso é bastante comum. 

O resultado, portanto, é analisado pelo tech recruiter, que posteriormente dá o feedback ao desenvolvedor. 

Quer saber mais sobre a origem do teste comportamental? Ele foi desenvolvido pela Sólides com base  em sete metodologias de mapeamento de perfil. A mais famosa, e que é usada na avaliação, é o DISC (Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade, em português). 

Em suma, em pouco tempo, o teste aponta mais de 50 características do perfil profissional do candidato. 

Por que fazer o teste comportamental? 

Mais do que nunca, as soft skills são importantes na construção do perfil profissional. Isso porque não adianta ter todas as habilidades técnicas exigidas na vaga se o candidato não tem o perfil comportamental ideal. 

Portanto, ele pode entregar ótimos resultados, porém, não saber trabalhar em equipe, não se comunicar com as partes envolvidas, não ter saúde mental nem controlar suas emoções ou ainda não gerenciar bem o seu tempo durante a jornada. 

Sendo assim, as empresas procuram profissionais que estão dispostos a dar o seu melhor, mas com o devido equilíbrio entre as suas hard e soft skills. E é exatamente o teste comportamental que vai indicar as habilidades psicológicas do candidato. 

Você já deve ter ouvido falar que uma empresa contrata um funcionário pelas suas habilidades técnicas e o dispensa pelas suas características comportamentais, não é mesmo? Por essa razão, as soft skills podem te aproximar ou te afastar da oportunidade tão desejada. 

Conclusão 

Ninguém vive numa ilha, portanto, as soft skills são essenciais no relacionamento profissional. E as características comportamentais só podem ser medidas e avaliadas através de um teste comportamental. Por esse motivo, aproveite para criar seu perfil na Coodesh e preencher seu teste comportamental.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

soft skills em tech

Soft Skills em Tech: explore as habilidades mais desejadas pelas empresas

blockchain no rh

Blockchain no RH: o que é, como funciona e quais os impactos no setor