Blockchain no RH: o que é, como funciona e quais os impactos no setor

blockchain no rh

Você já ouviu falar em “Blockchain no RH”? A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) impactou fortemente a busca pela proteção de dados de clientes e colaboradores. Uma dessas formas de proteção é o sistema Blockchain.

Esse conceito surgiu em meados de 2008, em um artigo era intitulado “Bitcoin: um sistema financeiro eletrônico peer-to-peer”, no qual seu criador, uma pessoa com pseudônimo Satoshi Nakamoto, refere-se ao blockchain como um sistema para transações eletrônicas sem depender da confiança de terceiros.

Mas o Blockchain, ao longo dos anos, foi muito além, expandindo sua funcionalidade, adentrando em diversos setores, inclusive no RH. De acordo com a empresa de pesquisa IDC, em 2021, as organizações investiram mais de 9,2 bilhões de dólares no sistema.

Quer entender melhor como esse sistema pode ajudar o setor de RH a ser mais estratégico e quais outros impactos positivos ele pode trazer para a gestão de pessoas? Continue a leitura até o final e fique por dentro do assunto!

O que é a tecnologia blockchain?

A palavra blockchain, literalmente, significa cadeia de blocos. Mais especificamente, trata-se de um sistema, de uma base de dados contínua, onde pessoas e empresas podem armazenar e compartilhar informações de modo seguro.

Essa cadeia em blocos recebe uma impressão digital chamada hash. O hash é um código numérico e matemático único que torna o blockchain altamente seguro e 100% anti-fraude.

Mesmo surgindo com o objetivo de proteger transações em criptomoedas, hoje, o blockchain é utilizado também em outros setores, como marketing e jurídico. Isso tanto para armazenamento de dados, registro e autenticação de documentos como para uma plataforma assertiva de recrutamento e seleção

Quais os benefícios da tecnologia?

Mesmo com a LGPD exigindo várias regras de proteção de dados, ainda é um desafio para as organizações manterem o grande número de informações de clientes e colaboradores organizadas e seguras. Logo, o blockchain pode ser a solução por contar com diversos benefícios. Conheça agora, os principais.

Sistema seguro

Utilizar o sistema blockchain pode ser uma alternativa confiável por ser um sistema seguro com criptografia em blocos que reduz, e muito, as chances de um ataque hacker. Isso porque, é necessário alterar todas as informações dentro do bloco para ter acesso aos dados.

Dados organizados

O blockchain conta com muitos outros benefícios, como registro de dados em ordem cronológica, de forma otimizada, facilitando a utilização dessas informações de maneira rápida, organizada e estratégica.

Sistema descentralizado e democrático

Ainda, é importante saber que o blockchain é um banco de dados descentralizado, podendo ser público ou privado. Assim, ele pode ser utilizado tanto em serviços governamentais, órgãos públicos quanto em empresas privadas.

Além disso, por não ter um intermediador ou governança central, o custo das transações sempre é mais em conta financeiramente do que os realizados por bancos, seguradoras, financeiras etc.

Qual a relação do blockchain com o RH das empresas?

Depois de entender melhor sobre o sistema blockchain, você deve estar se perguntando: “como aplicar essa tecnologia no setor de Recursos Humanos?”

A resposta é simples. Em um mundo moderno, onde a tecnologia avança cada vez mais em todos os setores da nossa sociedade, na área de RH isso não é diferente. 

Aquele tempo onde RH era somente um setor que se ocupava das folhas de pagamento, admissões e demissões, ou seja, um departamento pessoal, não cabe mais em um mundo impactado por dados.

Por meio da coleta e análise de dados, o RH se tornou peça-chave no desenvolvimento do capital humano dentro das organizações.

Com o RH 4.0, a automatização de tarefas burocráticas repetitivas da área trouxe muitos benefícios à gestão de pessoas, pois fez com que houvesse mais tempo para o setor focar em atividades que realmente trazem valor ao fator humano da empresa.

E como o blockchain melhora os processos de RH?

A intenção é que esse sistema trabalhe em prol do capital humano, seja escolhendo o profissional certo para a vaga certa, trabalhando a relação entre líderes e liderados, melhorando o clima e ambiente organizacional, dentre outras estratégias de gestão de pessoas.

Isso se torna possível pelo fato que com o blockchain é possível coletar e armazenar dados sobre as habilidades de candidatos e colaboradores, além de cursos e treinamentos já realizados e qualquer outra habilidade técnica ou comportamental de cada um deles. Isso facilita a contratação de profissionais que realmente dão “match” com a vaga disponível na empresa.

Além disso, com esses dados em mãos, é possível identificar quais habilidades precisam ser melhor desenvolvidas, indicando cursos e treinamentos de forma que esses colaboradores possam de fato se desenvolver, de modo automatizado, com dados confiáveis, alcançando uma alta performance.

Assim, sua empresa ainda economiza tempo e dinheiro gastos com contratações equivocadas e treinamentos que não agregarão à jornada do colaborador.

Ainda, o blockchain no RH faz com que o recrutamento seja mais dinâmico e automatizado. Isso porque, empresa e colaborador poderão ter o chamado “contrato inteligente” que é baseado em um algoritmo, facilitando os processos de remuneração e desenvolvimento de carreira conforme o colaborador vai se desenvolvendo dentro da empresa e alcançando metas.

Logo, o blockchain no RH, torna todos os processos do RH mais ágeis, inteligentes e transparentes.

Assim, o profissional de RH pode trabalhar mais tranquilo em relação à segurança de dados e ainda utilizar essas informações para deixar que a tecnologia cuide das tarefas mais administrativas.

E não é somente isso, com esses dados em mãos, depois de cruzá-los e analisá-los com auxílio do blockchain, o RH os transforma em informação organizada e útil para melhorar a qualidade na decisão sobre os colaboradores. 

Com isso, o RH consegue acompanhar de maneira mais estratégica fatores como o engajamento, produtividade e a satisfação dos profissionais da equipe. Aproveite para conhecer mais dicas sobre gestão de pessoas no RH Portal.

teste comportamental

Como e por que realizar o teste comportamental na Coodesh?

product designer

Product Designer: saiba tudo sobre esta carreira