in

Templates de vagas tech: como criar descrições de cargos mais atraentes

A procura por pessoas desenvolvedoras cresceu no Brasil e no mundo. Além disso, as vagas remotas, que permitem trabalhar para empresas internacionais, estão virando uma forte tendência. Então, como destacar uma vaga aberta na sua empresa diante desse cenário? Confira neste conteúdo como usar templates de vagas tech para otimizar o seu tempo e acertar no anúncio da oportunidade de emprego.

O setor de tecnologia já era responsável por um grande volume de contratações. Contudo, em 2020, a pandemia acelerou os processos de digitalização. As compras on-line cresceram, as aulas a distância se popularizaram e os serviços digitais, desde as transações bancárias até a telemedicina, evoluíram.

Nesse sentido, uma figura central na base de toda essa transformação é o developer. Justamente por isso, este (a) profissional tem sido tão demandado (a). Só para você ter uma ideia, em 2020, o estado de São Paulo registrou um aumento de 671% nas vagas no setor de tecnologia, segundo levantamento da Catho.

Com tanta oferta de vagas, é preciso ser assertivo na criação da sua vaga de emprego a fim de conquistar a atenção da pessoa desenvolvedora e fisgar os melhores talentos tech da área disponíveis no mercado. Dessa maneira, acompanhe neste post como criar um template de vagas tech para usá-lo como parâmetro nas oportunidades futuras.

O que é um template de vagas tech?

O template de vagas tech é um modelo previamente definido contendo todos os itens necessários para encontrar candidatos (as) compatíveis com o cargo.

Certamente, qualquer área (tecnológica, administrativa ou comercial) de uma empresa ou startup pode adotar o uso de templates de vagas. Entretanto, o diferencial das vagas tech é elas serem mais complexas com relação às hard e soft skills desejadas no developer.

Afinal de contas, existem inúmeras tecnologias e metodologias usadas no dia a dia nos sprints que exigem o conhecimento básico ou o domínio por parte da pessoa desenvolvedora.

Portanto, com a criação do template, o headhunter terá um olhar mais focado nos resultados, com respostas mais rápidas e a garantia de que o modelo de anúncio de vagas será replicado em outras oportunidades.

O que deve constar no template de vagas tech?

O template agiliza o trabalho da equipe e direciona o processo de recrutamento

Como você viu até aqui, é importante criar um job description completo de vaga tech para atrair talentos da área. Além disso, é crucial divulgar a vaga já formatada nos canais de alta performance. Se você procura um Ruby on Rails, um CTO ou um Full-stack, por exemplo, dificilmente os encontrará no Facebook ou em classificados de jornais.

Mas, neste conteúdo, vamos nos ater à confecção da vaga. Para isso, separamos alguns tópicos para tech recruiters criarem o seu próprio template de vagas.  

Introdução

A introdução da vaga deve levar em conta pilares importantes na produção de qualquer texto: ser simples, objetiva e direta. Sendo assim, utilize de 2 a 3 parágrafos.

Deve-se usar o primeiro parágrafo para informar, basicamente, o “que” e “para que”, ou seja, qual é a vaga e para que está buscando o (a) profissional.

Exemplo: “A VipCommerce está buscando uma pessoa Scrum Master (o que) para liderar squads ágeis na empresa (para que)”.

Já os dois parágrafos seguintes podem explicar resumidamente a empresa. É como um pitch onde você deve escrever o nome da corporação, ano de fundação, cidade, área de atuação e as dores que resolve.

Responsabilidades    

Para que o (a) developer se interesse na vaga é fundamental listar as suas responsabilidades futuras. Isso porque, em meio a tantas vagas, nem sempre o salário ou a posição são os fatores determinantes para escolher entre um emprego e outro. Afinal, devs são movidos por desafios!

Portanto, aqui é o momento de apresentar as responsabilidades esperadas da pessoa que assumir a vaga, como no exemplo de uma vaga aberta para Full-stack developer sênior:

  • desenvolvimento de software SAAS;
  • gerenciar, analisar e melhorar performance do SGBD;
  • participação ativa na validação de requisitos e prazos;
  • testes unitários. 

Como você notou, é interessante dispor as responsabilidades em forma de tópicos, facilitando assim a visualização.

Processo de recrutamento

Em qualquer processo de recrutamento é importante apresentar todas as etapas às pessoas candidatas. Afinal, isso transmite mais confiança e seriedade. Nesse sentido, é interessante planejar as fases do recrutamento e anunciá-las juntamente com a vaga. Desse modo, você pode considerar:

  • análise inicial do currículo;
  • entrevista inicial;
  • desafio tech (que pode ser uma prova ou um teste);
  • entrevista final (que pode ser com representantes da empresa).

Habilidades

Nesse momento, o hunter já informou sobre a vaga, as responsabilidades e as fases do processo. Então, é hora de apresentar as habilidades desejadas. Neste quesito, é importante se atentar às hard skills. Dessa forma, confira um exemplo para preencher as habilidades esperadas de um DevOps:

Linux – Ansible – AWS – MySQL – Scrum – AWS Aurora – CI/CD

Requisitos

Os requisitos da vaga para devs resumem as hard e as soft skills esperadas da pessoa que virá a fazer parte da equipe da empresa. Nesse sentido, é importante caprichar neste item.

Portanto, lembre-se de colocar a experiência, a fluência ou o conhecimento em determinada linguagem e até mesmo o perfil comportamental desejado. Siga abaixo o exemplo para profissionais Mobile:

  • Fluente em JavaScript;
  • Sólida experiência em projetos mobile e/ou front-end usando JavaScript;
  • Experiência em posição similar ou como freelancer;
  • Experiências ou práticas em projetos que utilizem Cordova ou PhoneGap;
  • Conhecimentos em Android SDK;
  • Escreva código bem projetado, testável e eficiente;
  • Bom entendimento de Lean Startup;
  • Ser habituado com metodologias ágeis.

Diferenciais

Enquanto isso, o (a) hunter pode destacar os elementos desejados na pessoa a ser contratada no item “diferenciais” da vaga. Este campo é destinado a colocar, por exemplo, vivência em startup e cursos em determinada faculdade.

Contudo, o espaço também pode ser usado para abordar as habilidades esperadas de uma forma mais detalhada. Confira abaixo uma demonstração para uma vaga de Rust developer:

  • Experiência com software de alta performance e sistemas distribuídos de alta disponibilidade;
  • Conhecimento e aplicação de múltiplos paradigmas e metodologias;
  • Experiência com mercado financeiro e/ou cripto ativos;
  • Familiaridade com Git e/ou Linux.

Atrativos

Na parte final do seu template de vagas, você pode destacar os atrativos da empresa a fim de atrair o (a) candidato (a) e tentar persuadi-lo (a) a se candidatar.

O gran finale, portanto, deve receber informações que envolvem a parte prática do futuro contrato de trabalho, ou seja, benefícios e cultura da empresa.

Sendo assim, você pode previamente verificar com a diretoria atrativos como plano de saúde, horário flexível, plano de cargos e carreiras, plano de participação nos lucros, entre outros. Saiba mais neste exemplo de uma vaga para Front-end developer:

  • Vale-refeição/alimentação;
  • Vale-transporte ou Vale-gasolina;
  • Plano de Saúde;
  • Plano odontológico;
  • No Dress Code;
  • Lanches na empresa (vagas presenciais);
  • Cupons de desconto em aplicativos de delivery (quem está remoto adora);
  • Videogames e Fliperama (vagas presenciais);
  • Assinatura em plataforma de jogos como Steam ou PSN (se sua empresa não tem fliperama);
  • Assinatura em plataforma de streaming (Spotify, Netflix etc);
  • Plano em academias (Gympass, por exemplo);
  • Psicólogo, terapia ou meditação on-line.

Seja franco (a) com os (as) candidatos (as) e explore os benefícios da vaga para conquistar as pessoas desenvolvedoras a partir do primeiro contato com a vaga. Lembre-se que a primeira impressão é a que fica!

Outras informações

Existem ainda informações cruciais para fazer um (a) candidato (a) se interessar pela sua oportunidade. Estamos falando de dados, como:

  • salário (a divulgação fica a critério da empresa);
  • período de trabalho (temporário, full-time ou part-time);
  • nível do profissional (estagiário, Júnior, Pleno, Sênior ou Master);
  • forma de contratação (PJ, freelancer ou CLT).

Enfim, você pode dispor essas informações num quadro à parte, juntamente com a vaga.

Conclusão

Em síntese, para fazer um bom template de vagas tech é importante conhecer bem a empresa e a área de atuação. Além disso, é bom ficar atento à gramática (já que o mesmo texto será replicado várias vezes) e preencher apenas o necessário, de forma direta, sincera e atraente para developers.

Outra dica é pensar na diversidade. Sendo assim, não utilize uma linguagem exclusiva para o público masculino ou feminino. Só para acrescentar, o termo “desenvolvedor” já privilegia apenas para os meninos, portanto, prefira “developer” ou “dev”.

Agora, saiba que ao anunciar a vaga para dev na plataforma de recrutamento tech da Coodesh você segue todos esses passos do template.

Aliás, a Coodesh é uma startup que ajuda empresas a encontrarem talentos da área de tecnologia para atuar em vários cenários. Realizamos desde a procura de candidatos (as) até o processo de entrevista e challenge para entregar os talentos tech ideais para as necessidades dos clientes.

Portanto, aproveite para pedir uma demonstração clicando aqui.

Escrito por Gizele Silva

Formada em Jornalismo pela UEPG e especialista em Mídia e Política. Experiência de 18 anos em jornalismo diário. Desde 2017, atua com Marketing de Conteúdo. Atualmente, sou produtora de conteúdo da Coodesh.

O que é DevOps?

O que é API?