O que é Ionic?

o que é ionic

O que é Ionic? Desenvolvedores web em início de carreira e tech recruiters encontram este termo em muitas vagas de emprego. Para esclarecer o que é e as suas vantagens, ele é o tema trazido pelo Dicionário Tech da Coodesh de hoje. 

O Ionic é um framework usado para aplicações mobile, mas também serve para aplicações desktop. 

Ele é um recurso muito utilizado por desenvolvedores que buscam uma cross-platform quando já não se adaptam mais ao uso do Flutter e do React Native no desenvolvimento mobile. 

Saiba mais neste conteúdo. 

Definição de Ionic 

O site do framework explica que o Ionic é um kit de ferramentas de interface do usuário de código aberto para criar aplicativos móveis e de desktop de alta qualidade e desempenho. Ele adota tecnologias da web (HTML, CSS e JavaScript) com integração para estruturas populares como Angular, React e Vue.

Com a licença MIT, Ionic apresenta-se como um dos frameworks mais populares para aplicações móveis híbridas. Lembrando que elas são construídas de maneira alternativa às aplicações nativas. 

O interessante é que o framework é multiplataforma, portanto pode rodar em iOS e Android utilizando o mesmo código em HTML. 

Tudo isso com um design limpo, componentes padrões, paradigmas interativos e muitos templates à escolha do desenvolvedor web. 

Criação do Ionic 

Os desenvolvedores Max Lynch, Ben Sperry e Adam Bradley, da Drifty Company, criaram o Ionic em 2013. 

Desde então, o framework tem uma grande comunidade. Segundo o site da tecnologia, são 5 milhões de desenvolvedores em 200 países usando Ionic. 

A versão mais recente é a 6, e toda a documentação está no site oficial, que pode ser consultado aqui

Vantagens do framework 

Confira por que tantos desenvolvedores preferem usar o framework Ionic nos seus projetos. 

Estabilidade: o Ionic entrega um produto altamente estável e com o mesmo desempenho dos aplicativos nativos; 

Multiplataforma: com um só código, é possível rodar a aplicação em várias plataformas diferentes; 

Menos tempo: como todo código poderá ser reutilizado em outras plataformas, o desenvolvedor usa menos tempo da sua jornada codando; 

Curva de aprendizagem: como o Ionic integra as principais tecnologias JavaScript, a curva de aprendizagem é curta e facilita a entrada do desenvolvedor no mercado; 

Prototipação: é mais fácil utilizar o framework, pois ele tem o Ionic Creator, que é uma ferramenta de protótipos que funciona à base de “arrasta e solta”, agilizando o trabalho da pessoa desenvolvedora; 

Documentação: a documentação é bastante completa e está presente no seu site, além disso, a comunidade é grande e pode tirar as dúvidas dos developers iniciantes; 

Integração: um dos maiores benefícios do Ionic é integrar-se com os melhores frameworks de front-end, como Angular, React e Vue. Mas ele também pode ser usado sem nenhuma estrutura de front-end a partir de um script simples include; 

Mas também há desvantagens. Normalmente, as tecnologias híbridas possuem problemas de performance. Além disso, a aplicação pode não rodar nos celulares mais antigos. 

Conclusão 

Em suma, muitas empresas pedem a stack nas vagas de emprego, e é importante que o desenvolvedor entenda o que é Ionic para aplicá-lo nos projetos. 

Portanto, se você deseja conhecer essa e outras tecnologias, acompanhe os demais conteúdos do Dicionário Tech. E não se esqueça de fazer seu cadastro como desenvolvedor ou como recruiter na Coodesh.

Como developer, você poderá validar suas habilidades e ter acesso ao emprego dos sonhos. E como recruiter, terá acesso a uma plataforma completa de recrutamento tech.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

cultura de feedback

Como a cultura de feedback ajuda a sua empresa a crescer?

Montando times em startups: saiba por onde começar