Como destacar o meu perfil no feed de talentos da Coodesh?

feed de talentos

A Coodesh possui um feed de talentos que facilita a busca de profissionais de tecnologia em sua plataforma, já que atualmente são mais de 40 mil perfis cadastrados. Basicamente é um banco de dados com todos os desenvolvedores inscritos na Coodesh.

Você pode disponibilizar o seu perfil para o feed, completando o seu currículo com as suas informações, tais como: experiências profissionais e acadêmicas, faixa salarial, tipo de contratação desejado, habilidade e stacks que possui conhecimento, entre outras informações.

O feed auxilia os tech recruiters a buscar com mais facilidade os perfis compatíveis com suas oportunidades, oferecendo mais agilidade para encontrar o candidato com match perfeito com a vaga anunciada.

Mas como posso destacar o meu perfil entre todos os candidatos da plataforma?

Se você já possui cadastro na plataforma da Coodesh, confira algumas dicas para que o seu perfil tenha mais destaque e para que você aumente as suas chances de receber um convite para os processos de empresas parceiras.

Caso não tenha cadastro você pode criar aqui!

1 – Complete o seu perfil

Na página de onboarding da plataforma, você vai encontrar o botão para completar o seu perfil. Essa é uma etapa muito relevante para que seu resumo apareça em nosso feed de talentos.

Tenha em mão as informações necessárias para os preencher os seguintes tópicos:

  • Carreira: aqui você escolhe qual a trilha de carreira deseja seguir na plataforma ou a carreira que você já está atuando no momento. É importante listar todas as suas preferências, assim você amplia as chances de aparecer no feed de talento em vários filtros diferentes.
  • Informações de contato: mantenha atualizado seus dados de WhatsApp e e-mail, pois é através deles que as empresas farão contato.
  • Línguas: aqui você pode colocar o nível de conhecimento em outras línguas, como inglês e espanhol, por exemplo.
  • Causas que apoia: as causas que você apoia dizem muito sobre você. Não é uma informação obrigatória, mas pode ajudar na identificação com a cultura da empresa.
  • Comunidade que faz parte: a Coodesh possui várias parcerias com EdTechs e comunidades voltadas para a área de tecnologia, aqui você pode escolher se é aluno, ex-aluno ou entusiasta de cada uma delas.
  • Redes Sociais: na área de tecnologia é muito comum os recrutadores avaliarem  seu LinkedIn e Github, por isso é importante que essas redes sociais estejam atualizadas e alinhadas à trilha de carreira que você deseja seguir.
  • Habilidades: aqui você pode marcar as habilidades, stacks e ferramentas que possui domínio e definir o nível de conhecimento. Essas habilidades auxiliam o recrutador na avaliação e também ajudam o seu perfil a aparecer no feed de talentos.
  • Experiência profissional: toda experiência profissional é válida, portanto, inclua as empresas que trabalhou, trabalhos de freelancer e demais projetos que tenha atuado.
  • Formação acadêmica: sua formação pode incluir dados acadêmicos e também outras formações relevantes na área de tecnologia que possam agregar valor ao seu perfil.
  • Certificados e bootcamps: aqui você vai informar os certificados obtidos na plataforma da Coodesh e também pode incluir outros que sejam relevantes para a oportunidade que você deseja encontrar.
  • Projetos e portfólio: mesmo que o seu Github esteja atualizado com seus projetos, esse espaço oferece a oportunidade de listar seus projetos pessoais de domínio público, para que as empresas possam avaliar previamente a qualidade de suas entregas.

2 – Responda os desafios técnicos

Na  plataforma da Coodesh, trabalhamos com várias formas de validação técnica, dependendo do processo que você está participando. Mas quem deseja performar melhor no feed de talentos pode optar por realizar os nossos testes orgânicos e ainda conseguir uma certificação na stack trabalhada. Vamos conhecer um pouco melhor?

Fast Challenge: O Fast Challenge, como o nome já diz, é um teste rápido que pode ser respondido na plataforma Coodesh. Ele tem o objetivo de avaliar desenvolvedor em uma stack ou área específica. São entre 10 e 20 perguntas específicas que o desenvolvedor responde e que podem gerar um certificado caso a pontuação esteja dentro da média definida. Mas se o desenvolvedor não conseguir atingir essa nota, o teste pode ser refeito para buscar uma melhor colocação.

Coding Challenge: O Coding Challenge é um desafio disponível na plataforma da Coodesh para que desenvolvedores de todas as áreas e senioridades possam treinar e demonstrar seus conhecimentos. Através desse recurso, é possível identificar rapidamente o seu nível como desenvolvedor, assim como receber dicas de melhorias para deixar o seu código ainda melhor.

Conclusão

Com essas dicas, com certeza, você terá um perfil campeão e estará sempre entre as primeiras indicações da plataforma no feed de talentos.

Além disso, você pode se candidatar às vagas compatíveis com o seu perfil e ter mais chances de ser visto com bons olhos pelas pessoas recrutadoras, já que o seu perfil estará completo, o que facilita a avaliação.

Aproveite para se cadastrar aqui.

Escrito por Franciele Ghizzoni

Publicitária, formada pela UNOESC, especialista em Gestão Escolar pela FURB e em Administração de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas pela UnC - Concórdia. Experiência de 10 anos em gestão de equipes e liderança, processo de Recrutamento e Seleção, Treinamento e Desenvolvimento, Ambiência e Rotinas Trabalhistas. Atualmente, é Head de Recrutamento na Coodesh, com foco no gerenciamento de ciclos de recrutamento e seleção de profissionais da área de tecnologia.

linguagem corporal

Linguagem corporal: uma aliada na hora da entrevista de emprego

diversidade no recrutamento

Como ter diversidade no recrutamento?