Product Designer: saiba tudo sobre esta carreira

product designer

O Product Designer ou designer de produto é um profissional que acompanha todo o processo, do começo ao fim, de um produto digital. A sua presença é cada vez mais requisitada nas startups e empresas que migraram para o on-line, seja em plataformas, aplicativos ou websites. Você que é da área do design e quer investir nesta carreira que tem salários de até R$ 9,5 mil e mais de 1,7 mil vagas abertas, leia este conteúdo. 

Antes vamos lembrar que o termo “design” é abrangente e mais antigo do que se imagina. Ele já está na boca dos profissionais dessa área e do mercado desde a Escola de Bauhaus, fundada na Alemanha em 1919. 

O conceito de design está ligado à concretização de uma ideia em forma de projeto ou modelo. A palavra deriva do verbo em latim “designare” que significa “determinar”. 

Portanto, o design de produtos pertence à mesma família do UX, UI, UX Research, entre outras carreiras do design. Além disso, sua atuação também empresta conceitos do Design Thinking, do Design Sprint e outros. Mas, é claro, a profissão de Product Designer guarda suas particularidades. Portanto, conheça algumas delas neste artigo. 

O que é e o que faz um Product Designer?

Imagine o Product Designer como o maestro de uma orquestra. Ele precisa conhecer todos os instrumentos, mas não tocá-los na hora do concerto, e sim conduzir os músicos. 

A partir dessa analogia, é possível entender que o profissional que ocupa essa função conduz a criação, o desenvolvimento, o lançamento e o feedback a respeito do produto no mercado. 

Nesse contexto, ele precisa entender todas as etapas do processo, compreender as funções de todos os profissionais envolvidos e projetar mudanças. 

Ele é diferente, portanto, do UI Designer, que pode acompanhar apenas uma parte do processo de produção do produto. O Designer de Produto está presente em todo o ciclo de vida do produto. 

Além disso, o profissional está associado à ideia de produtos digitais. Plataformas, aplicativos, websites, softwares, entre outros. Isso não quer dizer que os seus conhecimentos não possam ser aplicados nos produtos físicos. No entanto, exige-se uma certa adaptação visto que as tecnologias envolvidas nos produtos físicos e digitais são diferentes. 

Em resumo, o Product Designer é um profissional que precisa desenvolver várias hard e soft skills. Afinal, uma das mais importantes, é saber ligar com uma equipe multidisciplinar. Isso porque o produto passa por várias mãos: das equipes de desenvolvimento, marketing, comercial, financeiro, entre outros. 

Como está o mercado de trabalho para o Product Designer? 

Dos últimos anos para cá, o Product Designer tem sido chamado para compor os times de tecnologia. Afinal, é preciso ter uma visão ampla do produto, das soluções que ele pode levar ao mercado e das alterações necessárias. 

Mais do que isso, o Product Designer é capaz de levantar o problema, ou seja, a necessidade do consumidor, para enfim proporcionar a melhor solução. Tudo isso com um olhar empático. 

À medida que o produto cresce e ganha novas funcionalidades, o profissional desta carreira pode contribuir para updates mais alinhados ao mercado consumidor. 

Em termos de oportunidades abertas, uma busca no LinkedIn identificou mais de 1,7 mil resultados no Brasil no campo de “vagas”. Entre as empresas contratantes estão pequenos até grandes negócios, inclusive big techs. 

Veja abaixo um trecho de um job description para a vaga de Product Designer: 

Você também pode conferir as vagas divulgadas pelas empresas na Coodesh. Clique AQUI

Os salários variam de acordo com a experiência do profissional. O Glassdoor aponta os seguintes valores: 

  • Júnior: R$ 4.517,00;
  • Pleno: R$ 6.538,00;
  • Sênior: R$ 9.500,00. 

Em síntese, a empregabilidade do Designer de Produto está em alta e vale a pena investir nesta carreira, especialmente se você já é da área de tecnologia em outra profissão, como desenvolvedor ou designer. 

Como ingressar na carreira de Product Designer? 

Para se candidatar às vagas de Product Designer, inicialmente você precisa desenvolver suas hard skills e aprimorar suas soft skills. Mas para contribuir com o seu primeiro passo, trouxemos aqui algumas dicas de curso sobre design de produto. Contudo, você pode buscar mais informações junto às comunidades. Confira! 

Curso on-line de Digital Product Design pela EBAC

O curso da EBAC (Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia) para os futuros Product Designers é dividido em 20 módulos para facilitar o aprendizado. 

As videoaulas estão disponíveis na plataforma própria. Além disso, o curso apresenta toda a jornada de criação do produto digital. Confira todos os detalhes

Curso de Digital Product Design pela Tera 

A Tera oferece o curso de Digital Product Design em formato de aulas on-line ao vivo, duas vezes por semana. Assim, os alunos podem interagir e tirar dúvidas no momento das aulas. 

A escola trabalha com o Modelo de Sucesso Compartilhado, ou seja, o aluno pode pagar o curso depois que conquistar um emprego. 

Outro item é que a escola disponibiliza bolsa de estudo em apoio à diversidade para mulheres, pessoas pretas ou trans. Confira o conteúdo do curso aqui

Curso on-line ao vivo de Product Design pela Mergo 

O curso de Product Design da Mergo é conduzido pelo designer Edu Agni e contém aulas ao vivo e on-line. O aluno pode alcançar novas visões dentro do design passando por todas as etapas de criação de produtos digitais. 

As aulas são indicadas para quem já tem experiência com design ou produtos digitais. Você pode checar mais informações no link do curso

Curso on-line de Product Design pela Gama 

A Gama traz o curso de Product Design com desafios práticos e a possibilidade de o aluno criar seu portfólio. São 810 horas de curso com 6 meses de duração. As aulas são on-line e ao vivo. 

Além disso, o curso também pode funcionar no formato de sucesso compartilhado. Tudo isso com a ajuda de mentores experientes no mercado. Saiba mais aqui

Gostou das dicas de cursos? Lembre-se também que ao ingressar na carreira, você precisa desenvolver uma visão de designer que é focada nos seguintes pontos: 

  • Levantamento do problema;
  • Busca pela solução;
  • Entrega para o usuário;
  • Atenção no lançamento;
  • Acompanhamento do produto no mercado;
  • Evolução das funcionalidades do produto.

Conclusão 

Para resumir, a profissão de Product Designer oferece uma ampla atuação, está aquecida e é bem reconhecida no mercado. Com pouco tempo de atuação, você já pode subir para Pleno ou Sênior e atingir seus sonhos profissionais. 

Agora que você chegou ao final do artigo, aproveite para conhecer melhor a nossa plataforma e fazer o seu cadastro para encontrar ótimas oportunidades de emprego. Clique aqui.

blockchain no rh

Blockchain no RH: o que é, como funciona e quais os impactos no setor

o que é JVM

O que é JVM?