Avaliação técnica: como testar desenvolvedores?

avaliação técnica de desenvolvedores

A avaliação técnica é o diferencial no recrutamento e seleção de pessoas desenvolvedoras. Essa etapa vai além do currículo e do portfólio, pois avalia a capacidade de escolha e o modo de trabalhar do developer. Então, se prepare para testar desenvolvedores com desafios técnicos bem estruturados. 

Mas se você está em dúvida sobre por onde começar, acompanhe as dicas deste conteúdo. Afinal de contas, pode parecer difícil para quem vem de outras áreas. Lembrando que, neste caso, é muito importante que RH e TI trabalhem juntos. 

Qual é o objetivo da avaliação técnica? 

A contratação de desenvolvedores vem para sanar uma dor muito comum nas empresas que têm produtos tecnológicos. 

Isso porque o desenvolvedor exerce um papel importante na qualidade do produto/serviço, seja ele um aplicativo, um e-commerce ou um software. 

Enfim, bugs, lentidão e outras dificuldades na navegação vão depor contra a imagem da sua empresa. 

Por isso, a avaliação técnica de desenvolvedores é fundamental no momento do recrutamento. O seu objetivo é reconhecer as habilidades técnicas do profissional dentro da stack requisitada na vaga. 

Como fazer testes de avaliação técnica de desenvolvedores?

A avaliação técnica de desenvolvedores é destinada a profissionais de todas as senioridades que estejam participando de um processo seletivo. 

Por essa razão, é interessante avaliar o resultado conforme o nível de experiência e conhecimento do desenvolvedor avaliado. 

Primeiramente, o tech recruiter, em alinhamento com o CTO ou gestor da equipe de desenvolvedores, precisa ter um bom briefing da vaga em aberto. 

A partir desse levantamento, a empresa deve entender quais tecnologias (linguagens, frameworks e bibliotecas) e metodologias são exigidas na função. 

Enfim, com essas informações reunidas, é possível criar o teste para identificar se o candidato tem as habilidades técnicas necessárias. 

Veja, ainda neste conteúdo, algumas dicas de desafios técnicos. 

Quais erros devem ser evitados na avaliação técnica? 

Se você está contratando desenvolvedor, saiba que a avaliação técnica é indispensável. Mas você deve saber que alguns erros podem comprometer a qualidade da avaliação. Veja quais são e evite-os. 

Fazer teste apenas por fazer 

Os testes técnicos para profissionais de tecnologia devem ser usados para guiar o tech recruiter e a empresa na escolha do profissional mais adequado para a vaga. 

Como a avaliação demanda tempo e qualificação da equipe, é preciso aproveitá-lo da melhor maneira possível. 

Portanto, aplique testes de maneira alinhada à equipe de desenvolvimento, cobrando respostas para as tecnologias que o candidato aprovado irá utilizar no seu dia a dia na empresa. 

Usar desafios muito longos

Os desenvolvedores, assim como outros profissionais, não gostam de perder tempo fazendo testes muito longos. 

Ao receber uma avaliação que demanda horas e horas para a resolução, o candidato pode se sentir desestimulado e não apresentar um rendimento satisfatório. Assim, a empresa pode acabar perdendo talentos. 

Não dar feedback 

Se o candidato fez o teste, ele merece um retorno sobre o seu desempenho. É interessante que o retorno tenha a avaliação de um técnico. 

Além disso, o feedback deve ser claro, preciso e mostrar o que realmente importa. Assim, é bom lembrar que feedbacks incoerentes ou superficiais também podem prejudicar o employer branding da empresa. 

Não dar esclarecimentos sobre a avaliação técnica 

Transparência é fundamental. Por isso, o teste técnico deve estar explícito como uma das etapas do recrutamento. 

Sendo assim, resolver aplicar o challenge depois que o processo seletivo já está em andamento não soa bem. 

Além disso, se os candidatos questionarem sobre os prazos e as formas de aplicação dos testes, é importante responder com precisão e detalhes. 

Quais as boas práticas da avaliação técnica?

Você acabou de ver os erros cometidos no recrutamento e seleção na hora de montar e aplicar testes técnicos. 

Mas também é interessante conhecer boas práticas para seguir. Confira algumas delas! 

  • Reproduza tarefas do trabalho diário nos testes para que você possa avaliar o candidato conforme as habilidades exigidas na vaga;  
  • Permita que o desenvolvedor use as ferramentas que ele está mais acostumado; 
  • Crie um teste curto e, ao mesmo tempo, divertido para que o desenvolvedor se sinta mais à vontade. 
  • Use o resultado do desafio como base para a seleção dos candidatos e também para as perguntas que serão feitas na entrevista. 
  • Acrescente outras avaliações para complementar o desafio técnico, como entrevista e teste comportamental.

Conheça a Coodesh e o pacote de avaliação técnica disponível 

A Coodesh é uma HRTech que conecta desenvolvedores validados a empresas que estão em busca de talentos tech. 

Nossa plataforma possibilita a gestão da vaga e da candidatura em todas as etapas. Através de recursos nativos do nosso sistema, é possível encontrar o candidato mais adequado para a oportunidade. 

Contamos com testes de avaliação técnica, como o Scorecard, Fast Challenge, Project Challenge e Coding Challenge. 

Conheça, em detalhes, cada um deles a seguir. 

  • Scorecard: é um formulário de autoavaliação preenchido pelo desenvolvedor. Ele indica o seu nível de conhecimento com a tecnologia exigida para a área de atuação, como iniciante ou avançado, por exemplo. O resultado é usado para equalizar a aderência à vaga. 
  • Fast Challenge: é um teste teórico com correção automática on-line. As perguntas são referentes à stack da função, e as respostas são de múltipla escolha. 
  • Project Challenge: é um projeto mais aprofundado, onde o desenvolvedor pode criar uma aplicação partindo do zero, utilizando as ferramentas que está mais habituado. A correção é manual e é realizada pela equipe da Coodesh sob demanda. 
  • Coding Challenge: é um teste de código que avalia as principais skills do candidato, com correção automatizada e on-line. 

Quer saber mais sobre a Coodesh? Acesse a página de empresas e agende uma demonstração com um especialista. 

Conclusão

Você viu neste artigo a importância de contratar desenvolvedor validado com a avaliação técnica que é adotada em plataformas especializadas, como a Coodesh. 

Mas também é possível criar testes exclusivos com a contribuição dos desenvolvedores da sua equipe. 

De qualquer forma, deve-se ficar atento à qualidade do processo seletivo para encontrar talentos que possam contribuir com o crescimento da sua empresa. 

Que tal fazer seu cadastro e começar a testar a Coodesh gratuitamente na aquisição de talentos para a sua organização? 

Cadastre-se agora mesmo. Conheça os nossos recursos no plano gratuito e comece a avaliar, recrutar e testar desenvolvedores remotos para a sua empresa.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

RH digital

Saiba como o RH Digital pode trazer vantagens à sua empresa

o que é nest.js

O que é Nest.js?