O que é .gitignore?

o que é .gitignore

Você sabia que nem todos os arquivos precisam ser rastreados pelo Git e, por consequência, não gerar alterações? Por essa razão, entenda o que é .gitignore e utilize essa solução nos seus projetos. 

Aliás, o termo faz parte do nosso Dicionário Tech, que explica palavras usadas no cotidiano de profissionais envolvidos com a tecnologia, sejam eles desenvolvedores ou tech recruiters. 

Mas antes de entrar neste tema vamos relembrar o que é Git. Você também já deve ter visto a explicação do termo aqui no Dicionário Tech. Em síntese, Git é um sistema de controle de versão distribuído. O diferencial do Git frente a outras ferramentas concorrentes (como o Subversion e o CSV) é o fato dele possuir um repositório central, pois os demais têm uma arquitetura centralizada e formato on-line.

Definição 

Basicamente, o .gitignore é um recurso que especifica quais arquivos ou pastas devem ser ignorados pelo Git. Apenas pelo seu nome, já dá para ter uma noção do que se trata, não é mesmo?

Mas como usá-lo? Geralmente, ele é colocado no diretório principal de um projeto. Assim, você “avisa” ao Git que alguns arquivos não precisam ser rastreados, economizando tempo e ganhando mais agilidade no versionamento dos arquivos. Lembre-se que os demais arquivos rastreados normalmente pelo Git não serão afetados. 

Além disso, você pode criar um arquivo .gitignore global. Como resultado, todas as entradas que estiverem no arquivo em questão serão ignoradas pelo Git na hora das atualizações. 

Funcionamento 

O primeiro passo para utilizar um arquivo .gitignore local é criar um arquivo de texto e colocar o nome de .gitignore. Logo após nomeá-lo, você pode editar normalmente. Ah! Não se esqueça de colocar o ponto (.) no início. A cada linha, coloque um arquivo ou pasta que não precisa ser rastreada pelo Git. 

Curiosidades 

Acompanhe algumas curiosidades e macetes deste recurso para você começar a se habituar com ele: 

  • Use asterisco (*) para representar qualquer caractere; 
  • Coloque barra (/) como separador de diretórios (seja no início, meio ou fim da pesquisa);
  • Escreva hashtag (#) para adicionar comentários; 
  • Use asteriscos duplos seguidos por barra (**/) para demonstrar a correspondência em todos os diretórios.  

Quais arquivos ignorar?

Mas, afinal, como saber quais arquivos podem ser ignorados pelo Git? Essa dúvida pode existir, principalmente entre developers iniciantes. Por essa razão, saiba que arquivos temporários, testes e logs não precisam ser rastreados porque são bastante dinâmicos. 

Porém, existem outros caminhos para evitar usar o arquivo .gitignore. Você pode suspender o rastreamento de um arquivo e, dessa forma, fazer com que o Git ignore as alterações. Para isso acontecer, você pode utilizar o git update-index junto com o skip-work three sinalizador. 

Outra forma é adicionar entradas de padrão de pesquisa junto ao exclude em .git/info. Por isso, com o exclude, o Git saberá quais arquivos não rastreados podem ser ignorados nas atualizações. 

Interessante, não é? Leia a documentação do .gitignore no nosso blog. 

Conclusão 

Como você viu, o arquivo .gitignore é usado para que o Git deixe de rastrear alguns arquivos e, assim, não atualize certos trechos do seu projeto. 

Este e outros termos estão no Dicionário Tech e podem ser encontrados aqui. Além disso, depois da leitura e do estudo deste e outros recursos, coloque essa habilidade no seu currículo ou portfólio. 

Mas se você quer se destacar na busca pela recolocação profissional, acesse Coodesh e crie seu cadastro inteiramente gratuito com direito a testes de soft e hard skills.

DEV Ruby on Rails

Como evoluir como DEV Ruby on Rails numa startup?

avaliar Data Science

Saiba como avaliar Data Scientist para contratar os melhores