Conhecendo React.js e seus desafios

Conhecendo React.js e seus desafios

O React.js, biblioteca JavaScript criada pelo Facebook, foi o tema do #6 Coodesh DevTalks, realizado no dia 24 de novembro. O desenvolvedor Full-stack Dionatan Araújo conversou com o Co-founder da Coodesh Cristiano Albano sobre as funcionalidades dessa importante ferramenta de desenvolvimento web. Confira um resumo do bate-papo agora neste conteúdo. 

Dionatan cursava Administração quando, numa conversa com um colega, foi questionado sobre porque não ingressava na área de informática, já que mandava bem em Excel. Mais tarde, ele resolveu trancar o curso e iniciar um estudo sobre informática. Mas a área tech entrou de vez na sua vida quando ele estagiou numa empresa como aprendiz Java. Foi então que Dionatan resolveu fazer graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo Centro Universitário Municipal de São José, em Santa Catarina. 

A partir daí, com o passar do tempo, conheceu e aplicou React.js em seus projetos. Confira a seguir um pouco mais sobre a biblioteca assistindo ao vídeo do talk abaixo. 

O que é React.js? 

O React é uma biblioteca JavaScript criada pela equipe do Facebook e lançada em maio de 2013. Os desenvolvedores tinham dificuldades para sincronizar as diferentes atualizações que ocorriam simultaneamente na tela do usuário. 

Hoje o recurso é mantido pelo Facebook, Instagram, outras empresas e muitos desenvolvedores individuais em uma comunidade bastante forte. 

Dionatan lembra que o React.js é usado por grandes companhias, como Netflix, Imgur, Feedly, Airbnb, SeatGeek, HelloSign, Walmart, entre outros. 

Ele ressalta que a ferramenta não é um framework, mas sim uma biblioteca JavaScript. “Por isso, ele foi criado com a função de resolver a complexidade de atualizar a tela do usuário. É diferente de um framework, como o Angular.js e o Vue.js”, comenta.

Mas, afinal, por que o React.js se tornou tão popular entre as pessoas desenvolvedoras? Dionatan elencou alguns motivos. Veja a seguir. 

  • core reativo para atualizar componentes de tela de forma mais simplificada;
  • reutilização de componentes;
  • utilização por grandes players de mercado, como o Facebook.

Atualmente, temos o Next.js, que é um framework para a biblioteca React.js, que vem conquistando muito espaço no mercado de desenvolvimento. “Basicamente, tenho utilizado o Next.js nos meus últimos projetos”, comenta Dionatan. 

Mas uma das vantagens do uso do React.js é por conta do JSX. 

SAIBA MAIS: Acesse o conteúdo do #5 Coodesh DevTalks sobre Data Science 

Dionatan e Cristiano também falaram sobre este recurso no talk da Coodesh. O JSX é uma sintaxe XML escrita em JavaScript, HTML e CSS. Portanto, segundo comentou Dionatan, ele “mistura” o código HTML, CSS e JavaScript em um único arquivo. “Isso pode parecer um pouco estranho para quem conhece o modelo mais ‘tradicional’ de criar componentes em tela, onde temos um arquivo para HTML, CSS e JS”, aponta. 

Dicas para iniciantes em React.js

Para quem deseja estudar React.js, o desenvolvedor Dionatan traz algumas dicas vividas na prática por quem também teve que começar do zero há alguns anos. 

É muito válido não pular etapas, ou seja, estudar desde os primeiros passos. Para isso, ele sugere começar com HTML (elementos HTML, props e boas práticas); CSS (classes, styles etc); JavaScript (desde criar objetos, trabalhar com arrays, trabalhar com funções, trabalhar com eventos do browser, entender como funciona um map/filter, quando utilizar o const/let etc).

“Em suma, pode ser relativamente simples criar algo em React.js, mas se surgir algo um pouco fora do que está acostumado a fazer em JS, pode ser complicado entender o motivo de algo não estar funcionando como esperado no React.js.

Por isso, facilitará muito a sua vida se você compreender bem o básico/intermediário de JavaScript”, complementa Dionatan. 

VEJA TAMBÉM: Reveja o conteúdo do #4 DevTalks sobre Node.js 

Ademais, é fundamental fazer o tutorial do site do React.js, ler a documentação (ou os pontos que você tem mais dúvidas), entender o que o mercado está buscando e estudar o que está em evidência. Nesse sentido, Dionatan recomenda estudar sobre Redux, React Context API e Next.js, mantendo-se sempre atualizado.

Conclusão 

A Coodesh está realizando uma série de talks para que você, desenvolvedor, tenha acesso a conteúdos gratuitos e relevantes sobre as mais variadas carreiras tech. Assim, a intenção é contribuir com a sua formação a fim de que você possa ser encontrado pelas empresas ou seja aprovado nos processos seletivos que ingressar. Acesse o link e aproveite para criar seu perfil gratuitamente na nossa plataforma.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

Como ingressei na carreira de Data Science

Como ingressei na carreira de Data Science

Coodesh lança recurso de integração de vagas no LinkedIn

Coodesh lança recurso de integração de vagas no LinkedIn