O que é RPO e quais as vantagens?

RPO

Você já ouviu falar em RPO? Leia este artigo para saber o que significa a sigla e como ele pode te ajudar no recrutamento de talentos. 

Vamos direto ao ponto. RPO é a sigla de Recruitment Process Outsourcing ou Terceirização de Processo de Recrutamento. 

Na prática, é a terceirização do recrutamento. Ela traz muitas vantagens à empresa, como mais qualidade nas contratações, redução de custos e otimização do tempo. 

Então, conheça nas próximas linhas o que é, qual é a importância e quando adotar na sua empresa. 

Como funciona o RPO? 

Empresas com uma visão estratégica, visando o crescimento, acabam adotando o BPO, que é o Business Process Outsourcing ou Terceirização de Processos de Negócios.

Finalmente, entende-se que não é preciso se responsabilizar por todos os processos e departamentos do negócio. 

Assim, percebe-se que a terceirização é bem-vinda. Essa é a essência do BPO, que consiste na contratação de empresas especializadas em áreas que não pertencem ao core business da empresa contratante. 

Os exemplos mais comuns de BPO estão na contratação de empresas que atuam em:

  • Contabilidade;
  • Jurídico;
  • Marketing; 
  • Facilities; 
  • Recrutamento. 

Como o foco do nosso artigo é na terceirização do recrutamento, você verá mais detalhes sobre esta área, que ganhou a denominação de RPO. 

Ele pode ser parcial ou total, por demanda ou recrutamento interno. De qualquer forma, traz vantagens à empresa quando há um bom alinhamento prévio. 

Sobre os benefícios, leia o tópico a seguir. 

Quais os benefícios do recrutamento terceirizado?

Empresas que estão em crescimento podem não ter uma equipe de recrutamento consolidada dentro do RH. 

É muito comum que o time de RH concentre várias atividades, desde o Departamento Pessoal até as estratégias de desenvolvimento. 

É natural que haja pouco tempo disponível para a atração de novos talentos. Nesse ponto, o RPO vem para dar um suporte aos profissionais desse setor. 

Na maioria das vezes, há a utilização de Inteligência Artificial e outros processos automatizados para encontrar e selecionar os candidatos ideais para o perfil da vaga. 

Além disso, a triagem de pessoas candidatas ganha mais qualidade. Isso porque entra em cena uma equipe especializada em recrutamento com uma metodologia de trabalho que foi desenvolvida especialmente para este processo. 

Assim, a empresa acaba gastando menos recursos financeiros, pois concentra seu investimento num único provedor de recrutamento. 

Outro ganho está em relação ao tempo, pois economiza-se tempo com um contrato RPO, visto que os terceirizados têm um fluxo otimizado de triagem. 

As plataformas de RPO contam ainda com um banco de talentos para agilizar as contratações, bem como oferecer candidatos já validados com antecedência. 

Só para reforçar, veja os principais benefícios do que é RPO em tópicos

  • RHs menos sobrecarregados; 
  • Suporte profissional ao RH; 
  • Mais qualidade na triagem; 
  • Processos automatizados; 
  • Redução de gastos; 
  • Redução de tempo; 
  • Maior precisão com uso de metodologia própria;
  • Disponibilizar um banco de talentos. 

Você já experimentou um contrato de RPO na sua empresa? Esses são alguns dos benefícios relatados, mas é bom ter clareza que para que tudo funcione bem é preciso uma boa reunião de briefing e o apoio necessário da empresa

Afinal, corre-se o risco de perder bons candidatos se a empresa demorar a dar feedbacks, exigir processos muito longos e desgastantes, entre outras situações. 

Quais os principais tipos de RPO? 

Mas quando saber quando a minha empresa precisa de um contrato RPO? Saiba a seguir alguns momentos e tipos de atuação do recrutamento terceirizado para ver como ele se encaixa na sua realidade hoje. 

Ponta a ponta

O RPO End-to End (ponta a ponta) abrange todas as áreas e fases do recrutamento, desde a reunião de briefing até o onboarding do candidato escolhido. Aproveite para ler sobre como montar times em startups. 

Por projeto

Ele atende a uma demanda pontual, como o recrutamento de um profissional para participar de algumas sprints de um projeto, como o lançamento de um novo produto, ou ainda um processo de recrutamento interno. 

Parcial 

É o RPO parcial, ou seja, a empresa contrata o provedor de recrutamento para alguns serviços selecionados, como a triagem de currículos e os testes, ao passo que mantém a condução de entrevistas e negociação final. 

Por demanda 

Essa solução permite que a empresa contratante aumente a capacidade de recrutamento sem precisar alterar processos internos nem investir alto em novas tecnologias. Pode ser o lançamento de um novo produto, a conquista de um novo mercado, a abertura de uma filial, entre outros motivos.

Conclusão 

A empresa pode encarar o RPO com um apoio, um suporte e um aliado nas contratações. Portanto, ele não substitui o trabalho do RH, que acompanha todo o ciclo de vida do funcionário dentro da organização, não apenas o recrutamento. 

Além disso, ele traz mais precisão na atração de talentos, ajudando a reforçar o employer branding com a adoção de boas práticas de feedback e atendimento humanizado aos candidatos. 

Aproveitando que estamos falando sobre recrutamento terceirizado, você já conhece a Coodesh? 

Somos uma plataforma de recrutamento de desenvolvedores, com mais de 35 mil profissionais em nossa base de talentos. 

Também realizamos testes técnicos e comportamental dos candidatos inscritos, validando-os para as empresas. 

Faça o seu cadastro e comece a testar a plataforma gratuitamente.

o que é ruby

O que é ruby?

nova tela de vagas

Novidades de agosto: desenvolvedores têm nova tela de vagas