O que é WebPack?

webpack

Você sabe o que é WebPack e quais são as suas funções? Confira neste artigo do Dicionário Tech um breve resumo do que é este recurso dentro do desenvolvimento front-end, que foi feito para organizar melhor as tarefas do desenvolvedor. 

Aliás, a utilização de um empacotador se torna útil quando estamos usando a programação modular. Ela se resume em programar cada funcionalidade de forma separada. 

Em suma, o WebPack faz o gerenciamento da dependência desses módulos e, em seguida, cria gráficos de dependência para organizar e controlar o projeto. 

Definição 

Basicamente, o WebPack é um empacotador de módulos criado para agrupar arquivos JavaScript que estão sendo usados em um navegador. 

Uma funcionalidade importante é transformar, agrupar ou empacotar qualquer recurso. Eles são direcionados para um gráfico de dependência. 

Portanto, o desenvolvedor consegue usar o código-fonte para selecionar os arquivos desejados e decidir como irá processá-los. 

Funcionalidades 

Os gráficos de dependência do WebPack são como ferramentas visuais usadas para controlar e gerenciar o cronograma de um projeto que está sendo desenvolvido. É possível colocar tudo o que precisa ser feito em forma de uma lista.

Dessa maneira, este recurso possibilita que o desenvolvedor possa gerenciar melhor o projeto, tendo um maior controle e divisão de tarefas entre as pessoas desenvolvedoras da equipe. 

Conceitos

Há 3 conceitos que regem o WebPack. Veja quais são eles: 

Entry 

Ele indica qual módulo deve ser usado para iniciar a construção do gráfico de dependência. Assim, com um ponto definido, o próprio programa encontra as dependências e realiza uma importação. 

Output 

Esse princípio se refere ao nome e local onde um pacote ficará. Para isso, é preciso definir as propriedades Path e Filename. 

Loaders 

Esse recurso existe para que o WebPack leia outros arquivos, além do JavaScript. Portanto, é preciso ter Loaders instalados separadamente. 

Mas, além disso, os Loaders também podem ser usados para converter JavaScript de uma versão para outra.  

Basicamente, há duas propriedades obrigatórias, que são a “test”, que define quais serão os arquivos a serem filtrados, e a “use”, que identifica qual módulo deve ser usado. 

Pontos positivos e negativos 

Para a equipe que vai utilizar WebPack é importante conhecer, de antemão, algumas vantagens e desvantagens. Veja a seguir. 

Positivo 

  • Velocidade no processamento; 
  • Ampla comunidade para tirar dúvidas; 
  • Facilidade na eliminação de ativos mortos; 
  • Facilidade na divisão de códigos. 

Negativo 

  • Configuração complexa;
  • Código-fonte complexo; 
  • Dificuldade na manutenção. 

Conclusão

Você viu no Dicionário Tech de hoje o que é WebPack e porque o desenvolvedor Front-end pode usar esse recurso na programação modular, deixando assim as suas tarefas mais organizadas, conferindo maior agilidade ao seu trabalho. 

Se você gostou, veja também os demais artigos do nosso blog sobre tecnologias usadas no desenvolvimento front-end de aplicações. 

Aproveite para conferir as soluções da Coodesh para desenvolvedores e empresas.

Escrito por Gizele Silva

Formada em jornalismo, sou apaixonada por comunicação e tecnologia, além de adorar descobrir as soluções que o marketing de conteúdo traz aos negócios.

como dominar o git

Veja as melhores práticas de como dominar o Git

golden circle

Como destacar seu diferencial com o Golden Circle?