in ,

Employer Branding: como construir sua marca e atrair talentos tech

Você já se atentou à importância do Employer Branding? Em um mercado de trabalho tão competitivo como o que encontramos hoje, atrair e reter talentos é uma tarefa difícil e requer muito empenho e criatividade dos profissionais de recrutamento e seleção.

Neste mesmo cenário, os talentos tech, ou se preferir das áreas de tecnologia, são seres raros de serem encontrados no mercado. Em especial, porque a globalização dos meios digitais tem aberto muitas portas para esses profissionais e ampliado as oportunidades.

Assim os melhores talentos da área de tecnologia são difíceis de se encontrar e difíceis de se manter na equipe. No entanto, nos últimos anos o termo “Employer Branding” vem ganhando notoriedade. E tem se configurado como uma estratégia poderosa no processo de atração de novos talentos tech.

Nas próximas linhas você irá conhecer mais sobre esse tema. E como ele pode auxiliar a atrair talentos tech para sua empresa. Não deixe de conferir!

O que significa Employer Branding?

( Fonte: Google Imagens )

O termo Employer Branding quer dizer “Marca empregadora”. Sendo assim, é quando a empresa é conhecida pela sua reputação como empregadora. Ou seja, quando ela desperta nos potenciais talentos do mercado o desejo de fazer parte daquela equipe.

Em outras palavras, é tornar a empresa uma referência no mercado como um “ótimo lugar para se trabalhar”.

Como se tornar uma “marca empregadora”?

Muitas empresas vêm investindo nessa ferramenta como uma forma eficaz de captar talentos no mercado. Mas o maior investimento que sua empresa pode realizar para o Employer Branding é em seu material humano.

Os colaboradores são os principais divulgadores de uma empresa. Trabalhadores motivados e satisfeitos ajudam a atrair potenciais novos colaboradores e, consequentemente, talentos.

A organização somente se desenvolve a partir do desenvolvimento de seus funcionários e colaboradores. Entre todos os vários recursos organizacionais, os únicos capazes de auto direção e de desenvolvimento são os recursos humanos. São recursos vivos e como tal têm enorme aptidão para o crescimento e desenvolvimento.” ( Chiavenato, 2009, p; 154)

Por isso o planejamento estratégico da empresa deve estar atento a fatores que contribuam para enaltecer o sentimento de pertencimento dos colaboradores em busca do título de marca empregadora.

Como o Employer Branding pode auxiliar na retenção de talentos?

Um dos grandes desafios atuais do setor de gestão de pessoas é conseguir reter talentos na organização. Não basta atrair bons profissionais é necessário que eles queiram ficar na empresa.

Ter uma folha de pagamento alta já não é garantia, pois é preciso ir além. As empresas precisam despertar o sentimento de pertencimento do colaborador, o desejo de realmente “vestir a camisa” e “fazer parte”.

O Employer Branding, quando aliado a políticas adequadas de gestão de pessoas, pode ser um grande aliado neste desafio. Afinal, o que todo profissional deseja é trabalhar em uma empresa que lhe ofereça oportunidades e reconhecimento.

Fatores que auxiliam a atrair os talentos tech

Para montar um time de sucesso é importante trabalhar o Branding Employer

Como já falamos anteriormente, na área de tecnologia surgem novas oportunidades a cada dia. Inclusive de trabalho remoto e com flexibilidade de horários. Assim, atrair esses talentos tech para sua empresa é uma tarefa ainda mais desafiadora.

Por isso o Employer Branding pode ser um excelente aliado!

Por exemplo, se analisarmos grandes empresas que são o sonho de muitos talentos tech como Google, Netflix e Facebook, veremos que elas têm alguns pontos em comum e oferecem uma diversidade de benefícios a seus colaboradores que faz com que todo jovem deseje fazer parte da sua equipe.

No entanto, é claro que nem toda empresa tem a possibilidade de entrar neste mundo de diversidade oferecido pelas grandes do mercado. Mas existem alguns fatores importantes que podem fazer sua empresa se destacar como marca empregadora. E fazê-la sair na frente na atração de talentos Tech.

Vamos conhecer?

1 – Oportunidades de crescimento profissional e pessoal

Parece tema recorrente, mas a verdade que antes mesmo da remuneração a maioria dos profissionais deseja oportunidades de crescimento em sua carreira. Na área da tecnologia não é diferente, e ainda oferece um diferencial: os talentos tech normalmente têm pressa!

Ou seja, não são apenas treinamentos e capacitações de rotina. Sua empresa precisa ter uma política clara e dinâmica de crescimento e desenvolvimento profissional e pessoal. Oferecer cursos específicos para a área de atuação do profissional, além de oportunizar vivências, é essencial para atrair talentos para sua empresa.

2- Equilíbrio entre a vida pessoal e profissional

Embora esse seja um tópico que vale para a atração e retenção de todos os perfis de talentos, na área tech é comum empresas que oferecem flexibilidade de horários e até mesmo trabalho remoto para seus colaboradores.

Assim, flexibilizar algumas atividades e oferecer uma mobilidade de trabalho aos profissionais da tecnologia pode lhe auxiliar a atrair novos talentos. 

Além disso, se bem estruturado, o trabalho remoto ou home office pode gerar economia e mais produtividade. Talentos Tech costumam ter um bom desempenho quando trabalham com mais autonomia para gerir suas carreiras.

3 – Apoio à diversidade

Abrir as portas da sua empresa para a diversidade, além de fortalecer sua imagem como marca empregadora, pode atrair talentos das mais diversas áreas. Mas é importante que a diversidade realmente faça parte dos valores da empresa, independentemente de gênero, idade, raça, religião ou cultura.

Além de auxiliar na atração de talentos, um ambiente de trabalho aberto à diversidade oferece um espaço muito rico para troca de ideias e conhecimentos. Além de aflorar a criatividade e se tornar mais produtivo. Afinal, mentes iguais pensam iguais e chegam a um mesmo resultado.

4 – Um bom ambiente para se trabalhar

Um clima organizacional propenso à criatividade e interação entre os membros da equipe é essencial para atrair talentos. Não basta ter bons índices de pesquisas de satisfação, trata-se de um conjunto de ações que favoreçam o ambiente de trabalho.

É importante enxergar os colaboradores como parte essencial da empresa, e também como seres humanos, que possuem necessidades e sentimentos, além de compreender que cada um tem sua importância para o sucesso organizacional.

5 –  Desenvolva seus próprios talentos

Outro fator importante para que sua empresa consiga reter e manter talentos é oportunizar o crescimento interno dos colaboradores, a contratação de estagiários e trainees é uma excelente forma de captação de bons profissionais.

Os jovens são energéticos, motivados, com alto desejo de desenvolvimento. Absorvem os valores e cultura da empresa desde o início da sua carreira profissional, favorecendo o processo de crescimento profissional.

Na área da tecnologia, contratar profissionais em início de carreira e oportunizar o desenvolvimento interno pode ser uma excelente alternativa para conseguir bons profissionais para essa área.

Exemplo de sucesso

A empresa LG, por exemplo, possui uma política muito bacana de atração de talentos. A empresa acompanha o desenvolvimento dos jovens antes mesmo da formação. 

Realiza em parceria com universidades palestras e cursos gratuitos e, em consequência, despertam nos jovens o desejo de fazer parte da equipe LG. 

Além disso, a empresa mantém um programa de trainees e estagiários que oferece a oportunidade para jovens formandos demonstrarem e desenvolverem seus talentos na empresa.

Conclusão

Para a construção de uma imagem forte junto ao mercado, é obrigatório que os objetivos da empresa estejam alinhadas a todos esses fatores que falamos até aqui. Além disso é importante que a empresa tenha clareza de como é vista e lembrada no mercado.

Será que a sua empresa é onde os talentos tech querem estar no futuro?

Posicionar a empresa no mercado de forma única e verdadeira é uma excelente forma de fazer com que a sociedade reconheça o propósito da marca empregadora

Assim será possível atrair talentos tech que realmente se identifiquem com a cultura da organização e queiram fazer parte da equipe.

Se você gostou do nosso post e quer saber mais sobre Employer Branding e outras ferramentas de recursos humanos, acompanhe nosso blog e fique por dentro de todas as novidades.

Escrito por Franciele Ghizzoni

Publicitária, formada pela UNOESC, especialista em Gestão Escolar pela FURB e em Administração de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas pela UnC - Concórdia.
Experiência de 10 anos em gestão de equipes e liderança, processo de Recrutamento e Seleção, Treinamento e Desenvolvimento, Ambiência e Rotinas Trabalhistas.
Atualmente Recruiter Tech na Coodesh, com foco no no gerenciamento de ciclos de recrutamento e seleção de profissional da área de tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando...

0

Comments

0 comments

7 dicas infalíveis para atrair DEVs para o seu processo de recrutamento tech

cultura da diversidade

Recrutamento e seleção: entenda como implantar a cultura de diversidade na sua organização