in ,

Carreira: saiba mais sobre o perfil de PHP developer

Você sabe o que é um PHP developer? Bom, se você é, de fato, um (a) entusiasta na área do desenvolvimento, é certo que você já ouviu falar sobre o desenvolvedor PHP. No entanto, é possível que você não conheça todas as facetas dessa linguagem.

Muito parecido com o javascript em alguns aspectos, o PHP surgiu em 1994 sendo apenas uma biblioteca em C. Rapidamente, então, essa linguagem foi evoluindo. Aliás, o PHP está sempre recebendo atualizações.

Ela é usada para a comunicação entre servidores, por isso é utilizada em aplicações de internet. O PHP pode ser aplicado em concomitância com o HTML. Veja mais sobre o assunto ao acompanhar a leitura. Vai ser interessante!

História da linguagem PHP

A história dessa linguagem começa, contudo, em meados de 1994. Ela foi criada por Rasmus Lerdorf, sendo apenas um conjunto de bibliotecas da linguagem C. Aliás, no começo, PHP foi e depois passou a ser chamada de PHP Tools, que era a sigla de Personal Home Page Tools.

O objetivo dessa linguagem era, sobretudo, a comunicação entre dois servidores. No entanto, como a linguagem evoluiu rapidamente, no ano de 1995 o código foi tornado público. Assim, começou a surgir, de fato, o desenvolvedor PHP.

Após a mudança para o PHP Tools, ainda em 1995 seu nome foi trocado. Ela passou, então, a se chamar somente PHP – Personal Home Page. Hoje em dia, entretanto, o seu nome é outro. Ela é chamada de PHP por conta do acônimo Hipertext Preprocessor.

O que é a linguagem PHP?

A linguagem PHP é uma linguagem de código aberto e muito utilizada para criação de aplicações web, principalmente em conjunto com o HTML. Ela é muito semelhante ao Javascript. O que a difere é a forma como os trechos de código são executados.

Afinal, diferente do javascript, que é executado na camada de apresentação do cliente, o PHP é executado no servidor, gerando um HTML que é retornado para ser apresentado ao navegador do usuário.

Simplificando a explicação, o PHP funciona da seguinte forma: há o pedido na máquina do usuário que é enviado para outra máquina. Então, essa outra máquina faz todo o processo necessário e apenas envia o resultado de volta à primeira.

Por que ser PHP developer?

Inegavelmente, o PHP é uma das linguagens mais utilizadas no mundo. Em consequência, ele pode ser utilizado tanto por iniciantes como por programadores (as) mais experientes.

Aliás, a linguagem é fácil de aprender. A sintaxe simples do PHP faz como que se torne fácil memorizá-la. Por isso não é difícil ver desenvolvedor PHP por aí. Também, quem já possui experiência com linguagens C ou Java, vai notar a semelhança que o PHP tem com ambas.

Além disso, por ser um código aberto, o PHP acaba por ser de uso gratuito. Ou seja, não custa nada para aqueles usuários que desejam utilizá-la em aplicações WEB.

Outro ponto positivo é que o PHP, inegavelmente, está sempre sendo atualizado pelos seus desenvolvedores. Assim sendo, está sempre recebendo novos recursos, bem como melhorias na sua estabilidade e correção de problemas, os temidos bugs.

Uma outra vantagem do PHP é que ele é multiplataforma. Ou seja, ela roda em qualquer sistema operacional e em qualquer browser. Ao mesmo tempo, ela possui compatibilidade com os principais sistemas de bancos de dados do mercado.

Quais são as tecnologias ou frameworks utilizados junto ao PHP?

Em conjunto ao PHP, podemos, então, utilizar frameworks, que implementam funcionalidades que maximizam a produtividade do desenvolvedor. Um deles é o Laravel, que traz a economia de tempo com funções de sistemas de autenticação, gerenciamento de seção e cache.

Outro framework bastante utilizado é o CodeIgniter. Ele implementa, assim, um padrão de separação das camadas de desenvolvimento, permitindo a criação de aplicações rápidas e escaláveis, ou seja, com várias conexões de servidores.

Bem como o CodeIgniter, se tem o CakePHP. Esse framework foi considerado uma revelação de mercado desde seu lançamento. Contudo, acabou perdendo espaço para outras bibliotecas mais leves e com maior desempenho.

Quais são os níveis de PHP developer?

Assim como os outros profissionais de desenvolvimento, o PHP developer é classificado de acordo com a sua experiência e conhecimento. Sendo assim, você pode começar como DEV júnior e terminar como sênior. Veja só:

Júnior

O júnior é aquele (a) profissional da TI recém-formado (a), que tem pouca ou nenhuma experiência de mercado. Geralmente, é supervisionado por um DEV experiente para que possa desenvolver as suas habilidades na área da programação.

O DEV júnior PHP pode ficar até 5 anos nessa classificação. No entanto, tudo depende da empresa para a qual você trabalha, do seu aprendizado e mais uma série de fatores.

Aliás, como tarefa, a pessoa desenvolvedora PHP recebe aquelas mais simples. Afinal, é necessário que se aprenda, enquanto a empresa precisa manter a sua produção.

Pleno

O PHP developer Pleno apresenta uma experiência de 5 a 10 anos. Ele (a) é capaz de desenvolver as aplicações sozinho (a), bem como tomar suas próprias decisões de acordo com o que foi estabelecido.

A pessoa pode estar responsável por projetos e, de fato, já não precisa de tanta ajuda quanto no começo. Assim sendo, desenvolvedor pleno é aquele que se não sabe de algo, já sabe como procurar. Afinal, a lógica da programação é a mesma, só é preciso saber a linguagem.

Vale ressaltar, aliás, que na programação se tem diversas formas para se chegar a um resultado. Com efeito, cabe ao PHP developer escolher qual é a melhor para aquela aplicação.

Sênior

O PHP developer sênior pode ter a partir de 10 anos de experiência. Por isso, ele (a) geralmente é a pessoa desenvolvedora chamada para reuniões sobre o desenvolvimento, a fim de escolher as melhores alternativas para o time.

No entanto, para isso não basta ser sênior, ou de qualquer outro nível. Para que consiga avançar além do título é preciso que se esforce e estude. Uma pessoa desenvolvedora precisa se manter sempre atualizada.

Além disso, você não precisa saber apenas o PHP. Na verdade, essa linguagem é apenas uma das que você pode aprender durante o seu trajeto nessa profissão na área do desenvolvimento.

Qual é a carreira de PHP developer?

Um PHP developer, assim como qualquer outro, pode trabalhar em diversas empresas de desenvolvimento. Além disso, pode trabalhar em casa, o conhecido home office, também para empresas.

Há a possibilidade de trabalhar como Pessoa Jurídica, o PJ. Esse profissional oferece os seus serviços para a empresa como se fosse uma empresa, assim oferecendo seus serviços a outra. Para quem deseja uma grana extra, entretanto, é possível desenvolver trabalhos freelancer.

Como é o salário de PHP developer?

Os salários para uma pessoa desenvolvedora PHP variam de acordo com seu nível de conhecimento e a sua região. A média de ganhos gira em torno de R$ 2.000 até R$ 10.000.

Quais são os cases internacionais que utilizam PHP?

Não é de se surpreender, contudo, que várias páginas web famosas internacionais utilizem o PHP. Aliás, é preciso levar em consideração todos os benefícios dessa linguagem, bem como a sua idade.

Veja alguns cases internacionais que são desenvolvidos em PHP:

  • Facebook
  • Yahoo
  • Wikipédia
  • WordPress
  • Slack

Quais são os cases nacionais que utilizam o PHP?

O Brasil também não fica muito atrás quando se trata de desenvolvimento em PHP. As empresas abaixo usam o PHP em seu desenvolvimento:

  • Compasso
  • TOTVS S.A
  • Ebanx Brasil
  • Grupo Meta
  • DBC Company
  • Deliver IT

Onde encontrar vagas de PHP developer?

As vagas para PHP developer podem ser encontradas em sites de empregos como, por exemplo, a Coodesh. Ou, então, em redes sociais, como o LinkedIn. Nesse sentido, a Coodesh é uma startup de recrutamento e seleção de developers e outros (as) profissionais da área tech. Saiba mais clicando aqui.

Dessa maneira, vale destacar , também, que podem ser ofertadas vagas nas comunidades de desenvolvedores PHP no brasil, que são muitas. Elas não só podem ser encontradas em sites próprios, como também em redes sociais.

Como avaliar ou contratar PHP developer?

Para contratar ou avaliar um DEV em PHP, esteja ciente de quais são os seus objetivos. Se você está preparado para acompanhar o crescimento de um PHP developer, contrate um júnior. Se não, opte por um pleno ou sênior.

Além de considerar o nível, procure fazer alguns testes. Afinal de contas, nem sempre o nível de uma pessoa desenvolvedora condiz com o que é sabido por ele. Vale lembrar, então, que os testes devem ser feitos de acordo com o tempo de desenvolvimento. Não elabore nada impossível ou difícil demais.

Procure por referências e veja qual desenvolvedor lhe passa mais confiança. Tudo isso é muito importante na hora de contratar ou avaliar um desenvolvedor PHP.

Na Coodesh é possível contar com assessoria especializada na hora de contratar os talentos tech da equipe. Ela atua com soluções em testes e entrevistas técnicas.

Aprenda o PHP

O PHP está entre as linguagens orientadas a objeto. Por isso, se você sabe C#, Java ou outra linguagem que também é dessa linha, será muito mais fácil de aprender.

Além disso, a sua performance é surpreendente. Em alguns casos, o PHP é melhor que o javascript, linguagem que vem sendo a queridinha dos programadores.

Não se esqueça que você não precisa ser um PHP developer. Na verdade, você pode ser uma pessoa desenvolvedora que, além de tudo, domina o PHP. Estude e se atualize. O ramo de desenvolvimento pede isso.

Na plataforma Coodesh de recrutamento e seleção de DEVs surgem vagas que exigem conhecimento em PHP. Navegue no nosso site e saiba mais.

Escrito por Especialista Coodesh

Ajudamos a sua empresa a economizar tempo e dinheiro rastreando os melhores candidatos em processos de recrutamento TECH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carregando...

0

Comments

0 comments

Carreira: back-end Python developer

Carreira: conheça o perfil de front-end React developer