in ,

Papel de um Head de Tecnologia: da execução ao resultado

head-de-tecnologia

O termo Head está presente no dia a dia das organizações. Ele representa mais do que uma função, mas uma missão de fazer a roda girar e alcançar a alta performance. Por isso, o papel de um Head de Tecnologia é contribuir ao máximo com os resultados finais por meio do bom andamento da equipe de tecnologia.

Independentemente do core business da empresa ou startup, o uso da tecnologia é fundamental. Seja através da equipe de TI ou de DEVs, as soluções passam pelo uso da tecnologia. Portanto, para a fluidez dos processos, a tecnologia e a inovação estão sempre lá, em posição de destaque.  

Enfim, como um (a) Head de Tecnologia deve ser escolhido (a), qual é a diferença dele (a) para o CTO (Chief Technology Officer) e qual é o seu papel na empresa ou startup? Acompanhe as principais reflexões sobre a carreira neste artigo.

Todo Head de Tecnologia já foi um DEV?

Na prática, o gestor convida o (a) Head de Tecnologia a assumir a função quando a empresa ou startup começa a crescer. Ele (a) já era um (a) profissional de programação ou de TI. Portanto, espera-se da pessoa que desenvolveu carreira nessas áreas amplo conhecimento em programação e domínio de algumas linguagens.

A partir desses conhecimentos, o (a) profissional que assume o posto de Head de Tecnologia terá o embasamento suficiente para conduzir a equipe. Muito embora o time de DEVs seja bastante autônomo e esteja acostumado a trabalhar de forma independente, sempre há situações em que o (a) head precisa assumir o controle visando o alcançe de metas.

Qual é o papel de um Head de Tecnologia na empresa ou startup?

O papel de um Head de Tecnologia na empresa ou startup está muito ligado aos processos internos, ao andamento dos projetos e ao desenrolar dos fluxos de trabalho.

Mas, além de tudo, está relacionado à estratégia de negócio. Sendo assim, é preciso que as soluções apresentadas pelo setor de tecnologia estejam alinhadas com todo o restante da corporação visando o seu crescimento.

Dessa forma, o papel de um Head de Tecnologia está relacionado à execução das tarefas, mantendo ou elevando os índices de produtividade e optando pelo uso de plataformas e ferramentas mais eficazes.

Por isso, o (a) profissional deve ter um olhar voltado para todos os setores da organização e para os principais desafios de cada um, como foco na entrega contínua e na segurança dos dados.

Qual a diferença entre Head de Tecnologia e CTO?

mulher digita em notebook com equipe ao fundo
Head de Tecnologia tem uma atuação mais interna e de execução

Em algumas organizações, as funções até se confundem, mas basicamente elas somente envolvem atividades parecidas.

Sendo assim, o CTO é a pessoa responsável por levar soluções em tecnologia para dentro da empresa. Portanto, ele (a) é aquele (a) que faz os diretores darem um passo para trás para terem uma visão mais ampla do negócio com a aplicação das ferramentas e plataformas mais adequadas.

O CTO, portanto, está mais próximo da direção e dos fornecedores, muitas vezes dos clientes também, a fim de encontrar as melhores soluções do mercado.

Portanto, numa explicação mais superficial, o CTO está mais voltado aos aspectos externos, enquanto que o (a) Head de Tecnologia volta-se para o viés interno. Por isso, quando as duas funções estão em equilíbrio, elas promovem o desenvolvimento da corporação.

Em suma, essa mudança de títulos importa menos para uma empresa ou startup, em fase de crescimento. No entanto, para organizações maiores e mais complexas é importante essa distinção.

Como o mercado absorve esse (a) profissional?

O Head de Tecnologia é requisitado no mercado de trabalho brasileiro. Afinal existem milhares de empresas focadas na área tecnológica, com mais serviços inovadores a cada dia.

O site Glassdoor apontou que o salário pode chegar a R$ 22.672 no país, podendo variar conforme a região e o porte da empresa. O rendimento foi calculado pela Glassdoor com base nos sete salários enviados de forma sigilosa à plataforma.

De qualquer forma, é uma remuneração atrativa, sendo superior à média salarial dos DEVs e outros profissionais de níveis Júnior e Pleno da área tech.

Quais as habilidades imprescindíveis para um Head de Tecnologia?

Como um coordenador de equipe, o papel de um Head de Tecnologia é despertar sua liderança e espírito influenciador para obter bons resultados com o time.

Ele (a) também precisa aprimorar suas habilidades de resolução de conflitos internos e garantir um clima saudável de trabalho para toda a equipe.

Sendo assim, acompanhe a seguir mais algumas características interessantes e bem-vindas em qualquer corporação:

  • experiência em gestão de times de tecnologia;
  • facilidade em integração e parcerias;
  • facilidade para gerenciar conflitos;
  • visão analítica e detalhista;
  • espírito de organização;
  • perfil estratégico;
  • domínio de ferramentas de gestão.

E, então, o que você achou até aqui das características dessa carreira? Gostaria de investir energia e se especializar nessa área?

Conclusão

Para concluir, o papel de Head de Tecnologia é útil para a empresa e para a equipe de tecnologia e desenvolvimento, pois o (a) profissional auxilia nos processos internos, na entrega contínua de resultados e na busca por ferramentas de gestão mais eficientes.

Nesse sentido, a Coodesh é uma startup mineira que ajuda outras empresas e startups a recrutar e a selecionar talentos tech das mais variadas carreiras para manter a eficiência do time e atingir metas.

Portanto, a plataforma é útil para DEVs que buscam novos desafios no mercado de trabalho, através de vagas atualizadas diariamente, e para headhunters e empresas que querem selecionar os (as) melhores candidatos (as). Saiba mais acessando a página inicial do site da Coodesh.

Escrito por Gizele Silva

Formada em Jornalismo pela UEPG e especialista em Mídia e Política. Experiência de 18 anos em jornalismo diário. Desde 2017, atua com Marketing de Conteúdo. Atualmente, sou produtora de conteúdo da Coodesh.

entrevista técnica para recrutadores

Entrevista técnica: o que as pessoas recrutadoras precisam saber

soft-hard-skills

Veja as diferenças entre hard skills e soft skills no recrutamento tech